TRIBUNA de Axelle Pinon, Gestor especialista em produtos de ações na Carmignac. Comentário patrocinado pela Carmignac.

A estratégia do Carmignac Portfolio Patrimoine

A crise de 2020 constituiu, na realidade, um “teste excelente” para provar o poder da disciplina de gestão do fundo e revelou o que significa efetivamente a flexibilidade quando se trata de gerir os riscos. A resiliência em diferentes configurações do mercado demonstra que a flexibilidade não é um conceito simplesmente constante do prospeto. O mesmo é válido para o nosso fundo Carmignac Portfolio Patrimoine, que conseguiu apresentar um sólido desempenho no ano corrente, obtendo melhores resultados do que o seu grupo homólogo*, na categoría Morningstar Moderate Allocation no final de setembro, graças à sua disciplina de gestão dos riscos e à sua abordagem guiada pela convicção.

A crise da COVID-19 não representou o primeiro teste à gestão do nosso fundo. A Carmignac geriu muito bem a crise financeira de 2008, um importante choque interno resultante de desequilíbrios no sistema bancário. No entanto, a crise de 2020 foi de natureza completamente diferente, evoluindo num contexto de mercado em que o papel dos bancos centrais já era predominante, e num mundo esmagadoramente mais globalizado, em que a China tem uma influência muito mais alargada.

A falta de entendimento desta crise levou inúmeros investidores a sofrer terrivelmente com o enorme sell-off inicial e a passar ao lado da recuperação do mercado que se seguiu. Gerindo os riscos e não abrindo mão das suas convicções, o Carmignac Portfolio Patrimoine registou um desempenho superior em 97% ao dos seus homólogos na categoria Moderate Allocation da Morningstar no final de setembro (YTD)*.

Não se trata de um Fundo de alocação de ativos normal

A história Patrimoine começa em 1989, como uma das estratégias pioneiras diversificadas lançadas por Edouard Carmignac. A sua visão consistiu em oferecer uma solução de poupança a longo prazo, capaz de tirar partido das oportunidades de mercado, assim como de atenuar as quedas de mercado, graças à sua abordagem flexível e ativa.

A estratégia, com ativos sob gestão de mais de 12,1 mil milhões de EUR**, segue uma abordagem em termos de estrutura de capitais cruzados em busca de uma combinação de carteiras com sentido em qualquer contexto de mercado. Pelo menos 50% do fundo são sempre investidos em instrumentos do mercado monetário e em produtos de rendimento fixo. Associando os três fatores determinantes do desempenho das obrigações, ações e divisas internacionais de uma forma disciplinada, podendo tirar partido das oscilações do mercado quando ocorrem. Pretendemos captar a maior parte das vantagens dos mercados de ações e de rendimento fixo, sendo ao mesmo tempo suficientemente flexíveis para tentar amortecer os riscos de perda durante as fases de correção.

A nossa abordagem dinâmica à alocação de ativos assim como uma capacidade para investir transversalmente na estrutura do capital é o que distingue os processos de diversificação do Portfolio Patrimoine de outros fundos. É crucial dispormos dos instrumentos corretos para aproveitar as oportunidades e, ao mesmo tempo, gerir o perfil de risco global. Os gestores do fundo, David Older e Rose Ouahba, dedicam grande parte do seu tempo a refletir sobre o modo como as diferentes componentes do Fundo encaixam desde uma perspetiva de risco.

A exposição a ações pode variar entre zero e 50%, ao passo que na carteira de obrigações a duração modificada pode ir de -4 a +10. Ao mesmo tempo, a capacidade para explorar uma variedade de classes de ativos, incluindo divisas, e uma gama de crédito, incluindo dívida com grau de investimento, de rendimento elevado e em situação crítica, permite um grande espetro de possibilidades. É fundamental um contacto estreito entre os lados das ações e do rendimento fixo, além do facto de a equipa de investimento ser deliberadamente mantida numa dimensão compacta, para que os nossos analistas com diferentes especializações possam interagir regularmente. A estrutura integrada consubstancia as nossas abordagens top-down e bottom-up.

Uma estratégia de rendimento fixo flexivel

A diversidade dos mercados de rendimento fixo permite ao Carmignac Portfolio Patrimoine utilizar alguns instrumentos defensivos, além de fatores determinantes de desempenho adicionais. Sendo global, ativa, flexível e sem indicador de referência, a abordagem não é condicionada a fim de extrair valor em diferentes condições de mercado. Esta abordagem abrangente tem contribuído para o desempenho durante a recente disrupção do mercado, em particular, ao identificar novas oportunidades de investimento no espaço do crédito.

Rose Ouahba, Head of Fixed Income, gere esta estratégia desde 2007**, inicialmente em conjunto com Edouard Carmignac. Desde que David Older se tornou cogestor em 2019, assumiram ambos a responsabilidade total por dirigir o fundo, trabalhando juntos para determinar a alocação de ativos e o controlo de risco em toda a carteira, com o contributo do Comité de Investimento Estratégico da empresa.

A nossa experiente equipa de analistas abarca um vasto espetro da classe de ativos de rendimento fixo. Tal significa que podemos adotar uma abordagem dinâmica, em função das nossas perspetivas sobre o ciclo económico e podemos igualmente acrescentar alfa através das nossas melhores ideias nas áreas de rendimento mais elevado, como os mercados emergentes e o crédito, além de CLOs. Embora existam limites ao montante de crédito que pode ser detido, a abordagem é altamente flexível. Agrada-nos pensar que dispomos do conjunto de ferramentas e dos conhecimentos especializados certos para procurar gerar resultados positivos em todas as condições de mercado.

Em busca dos vencedores de hoje e amanhã

Decorridos menos de dois anos após assumir a direção do Carmignac Portfolio Patrimoine juntamente com Rose Ouahba, David Older, Head of Equities, já deixou a sua marca no fundo. Tendo por base uma formação em tecnologia e informática, David reforçou a abordagem bottom-up fundamental, com uma forte orientação para a seleção de ações. O resultado tem sido um research proprietário robustecido no seio da equipa, necessário para identificar modelos de negócio superiores e, consequentemente, gerar alfa.

A identificação de tendências de investimento a longo prazo subvalorizadas pelo consenso constitui uma característica distinta da nossa gestão global de ações. Com efeito, estamos convictos de que a capacidade para compreender e identificar tendências disruptivas são atualmente a chave para criar estratégias de investimento de sucesso a longo prazo. A nossa carteira de ações principal baseia-se em três grandes temas, incluindo consumidores conectados, digitalização e mudanças demográficas e sociais.

O que se segue então para o Carmignac Portfolio Patrimoine? A principal mensagem é um espírito aberto. Imaginar o futuro nunca é uma tarefa fácil quando a onda de choque de uma explosão ainda está a propagar-se. E, no entanto, devido à sua gravidade especial, o choque que temos experimentado em 2020 pode muito bem ter consequências decisivas a longo prazo para os investidores. Em termos da estrutura da carteira, estamos extremamente confiantes na nossa carteira de ações centrada em ações de crescimento sustentável. Temo-nos mantido ativos durante a crise e conseguimos comprar as ações da nossa watch list que ofereciam uma valorização mais atrativa. Se estivermos na iminência de um grande sell-off no mercado, podemos, se necessário, voltar a zero em termos de exposição a ações. Não temos receio algum de o fazer.

*Fonte: Carmignac, Morningstar, 30/09/2020. Classe A EUR ACC. Categoria Morningstar: EUR Moderate Allocation – Global. A referência a uma classificação ou prémio não garante os futuros resultados do OIC ou do gestor. O desempenho passado não é necessariamente um indicador do desempenho futuro. O rendimento pode aumentar ou diminuir em resultado de flutuações de divisas.

** A estratégia refere-se ao Fundo histórico lançado em 1989. A SICAV lançada em 2013 tem os mesmos gestores de fundos, processo, universo de investimento e alocação de carteira..

O Carmignac Portfolio Patrimoine é um subfundo da Carmignac Portfolio SICAV, uma sociedade de investimento de direito luxemburguês, em conformidade com a Diretiva OICVM . Escala de risco 4: Escala de Risco do KIID (Documento com as Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores) de 1 (risco mais baixo) a 7 (risco mais alto). O risco 1 não significa um investimento isento de risco. Este indicador pode variar ao longo do tempo. Principais riscos do Carmignac Portfolio Patrimoine – AÇÕES: O Fundo pode ser afetado por variações nos preços das ações, numa escala que depende de fatores externos, volumes de negociação de ações ou capitalização bolsista. TAXA DE JURO: O risco de taxa de juro resulta na diminuição do valor patrimonial líquido no caso de variações nas taxas de juro. CRÉDITO: O risco de crédito consiste no risco de incumprimento do emitente. CAMBIAL: O risco cambial está associado à exposição a uma moeda que não a moeda de avaliação do Fundo, quer através de investimento direto ou do recurso a instrumentos financeiros a prazo. Os Fundos podem ter limites de investimento específicos, tal como referido nos respetivos prospetos. O fundo visa superar o desempenho do seu indicador de referência durante um período superior a três anos. O indicador de referência compósito compreende: O indicador de referência é composto por 50% do índice MSCI AC WORLD NR (USD) e 50% do índice FTSE World Government Bond (EUR) calculados com base em cupões reinvestidos. O Fundo apresenta um risco de perda do capital.

MATERIAL DE PROMOÇÃO. Apenas para investidores profissionais. O presente documento não pode ser total ou parcialmente reproduzido sem autorização prévia da sociedade gestora. O presente documento não constitui qualquer oferta de subscrição nem consultoria de investimento. O acesso ao Fundo pode estar sujeito a restrições no que diz respeito a determinadas pessoas ou países. O Fundo não está registado na América do Norte, na América do Sul, na Ásia, nem no Japão. Os Fundos estão registados em Singapura como um organismo estrangeiro restrito (apenas para clientes profissionais). O Fundo não foi registado nos termos da US Securities Act de 1933. O Fundo não pode ser oferecido ou vendido, direta ou indiretamente, por conta ou em nome de uma “Pessoa dos EUA”, conforme definição dada no Regulamento S dos EUA e/ou na FATCA. O Fundo apresenta um risco de perda do capital. Os riscos e comissões encontram-se descritos no KIID (Documento com as Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores). Os respetivos prospetos, KIID e relatórios anuais do Fundo poderão ser encontrados em www.carmignac.com ou solicitados à Sociedade Gestora. O KIID deve ser disponibilizado ao subscritor antes da subscrição. Este material foi preparado pela Carmignac Gestion e/ou pela Carmignac Gestion Luxembourg e está a ser distribuído no Reino Unido pela Carmignac Gestion Luxembourg UK Branch (Registada em Inglaterra e no País de Gales com o número FC031103, acordo CSSF de 10/06/2013). Carmignac Gestion – 24 place Vendôme – F-75001 Paris. Tel: (+33) 01 42 86 53 35 – Sociedade gestora de investimento aprovada pela AMF – Sociedade Anónima de capital aberto com um capital social de 15 000 000 € – RCS de Paris B 349 501 676. Carmignac Gestion Luxembourg – City Link – 7, rue de la Chapelle – L-1325 Luxembourg – Tel: (+352) 46 70 60 1 – Filial da Carmignac Gestion – Sociedade gestora de fundos de investimento aprovada pela CSSF – Sociedade Anónima de capital aberto com um capital social de 23.000.000 € – RC do Luxemburgo B 67 549.