As carteiras das gestoras de patrimónios por tipo de cliente em março de 2023

captações negócios gestoras fundos mobilliários
Créditos: Yuri Vasconcelos (Unsplash)

A APFIPP divulgou recentemente o Relatório Estatístico Mensal - Gestão de Patrimónios relativamente a março de 2023. Segundo os dados revelados, as gestoras de patrimónios tinham, em março deste ano, mais de 24 mil milhões de euros em ativos sob gestão de entidades associadas. Este valor representa um decréscimo em relação a março do ano passado, cujo valor rondava os 27 mil milhões de euros.

De todos os seis segmentos em que a associação divide os clientes da gestão de patrimónios, em comparação com março de 2022, apenas o segmento dos outros investidores registou um aumento do seu montante sob gestão. No ano passado, o valor era de cerca de 6 mil milhões, este ano o valor ultrapassa os 8 mil milhões de euros. Neste segmento, os não residentes viram o seu valor aumentar para quase o dobro e os residentes também viram o seu montante aumentar consideravelmente.

Evolução das carteiras das sociedades gestoras de patrimónios por tipo de cliente a março de 2023

Fonte: APFIPP. A APFIPP dá nota que esta informação inclui informação sobre os valores geridos pelas seguintes Sociedades Gestoras de Organismos de Investimento Coletivo e Empresas de Investimento: Bankinter GA; BPI Gestão de Ativos; Caixa Gestão de Ativos; Crédito Agrícola Gest; GNB - Gestão de Patrimónios; Heed Capital; LYNX Asset Managers; Montepio Gestão de Activos; Optimize Investment Partners e Santander Asset Management.

Já os restantes segmentos viram o seu valor diminuir relativamente ao período homólogo. Os particulares apresentam, em março de 2023, um montante sob gestão a rondar os 578 milhões de euros. Os fundos de pensões, o segmento que mais viu o seu montante diminuir, conseguem ultrapassar os 3 mil milhões e os fundos de investimento os mil milhões de euros. As fundações, apesar do seu valor total ter diminuído em relação ao ano passado, registou um aumento, embora pouco significativo, dos residentes.

O cliente de maior dimensão são as seguradoras com um total de montante sob gestão de 11 mil milhões de euros, representando 45,3% do total gerido, seguidas pelos outros investidores (33,6% do total) e pelos fundos de pensões (14,3% do total).

Evolução das carteiras das sociedades gestoras de patrimónios por tipo de cliente a março de 2022

Fonte: APFIPP.