CMVM apresenta modelo de reporte para divulgação de informação não financeira pelas sociedades emitentes

ESG Clean energy verde sustentável

Em mais um passo no sentido de promover a inclusão de métricas financeiras no reporte das empresas cotadas a CMVM publicou um modelo de relatório para “cumprimento do dever de divulgação de informação não financeira pelas sociedades emitentes de valores mobiliários admitidos à negociação em mercado regulamentado“. A heterogeneidade do reporte, como indica a CMVM, “prejudica a comparabilidade e a utilidade da informação para as partes interessadas na vida das sociedades, e em particular para os investidores, o que tende a limitar os benefícios da divulgação para cada uma das sociedades e para o mercado como um todo.”

Trata-se, segundo o regulador, de um modelo de adesão voluntária, que procura “uniformizar a informação relativa os deveres legais já existentes, contribuindo para a existência de informação padronizada em matérias relativas à integração de fatores de sustentabilidade na atividade empresarial nacional, em favor dos investidores e do desenvolvimento do mercado nacional”.

Em concreto, a informação contemplada refere-se sobre a abordagem à sustentabilidade financeira, ambiental, social e de governo societário, “temas que têm vindo a ganhar relevância crescente nos planos internacional e nacional e que constituirão, cada vez mais, um fator de competitividade dos emitentes e de promoção da confiança dos investidores”, dizem do regulador.