Credit Suisse AM distinguida como melhor entidade gestora internacional de fundos de ações

gestora, Credit Suisse AM distinguida como melhor entidade gestora internacional de fundos de ações
Photo by Jan Huber on Unsplash

A Credit Suisse Asset Management foi uma das entidades gestoras que mais entradas líquidas registou na Europa no ano de 2020. Ao passo que, a 30 de junho de 2020, contava com 398 biliões de euros em AuM. Com efeito, o seu comportamento culminou com a atribuição do prémio de melhor entidade gestora internacional de fundos de ações, na edição 2021 dos prémios Morningstar.

De fato, o Credit Suisse Digital Health Equity Fund, um dos seus fundos de ações disponível em Portugal para comercialização, foi um dos mais rentáveis de 2020. Ao mesmo tempo, este é também um produto distinguido com Selo FundsPeople 2021 pela classificação de Blockbuster.

Na componente acionista, a entidade gestora oferece uma ampla seleção de produtos que vão desde a indexação passiva até produtos de ações long e long/short geridos ativamente, com o objetivo de superar os seus respetivos benchmarks. A gestora está também muito presente relativamente ao tema ESG. Neste sentido, a Credit Suisse AM pretende migrar muitos dos seus produtos, visando cumprir vários critérios "verdes".

Por fim, a Credit Suisse AM conta com três estratégias de investimento destacadas com Selo FundsPeople 2021. Duas com a classificação de Consistente (a Credit Suisse European Dividend Plus Equity Fund e a Credit Suisse Global Dividend Plus Equity Fund). E uma com a classificação de Blockbuster (a Credit Suisse Digital Health Eq Fund).