PPR: fundos mobiliários e fundos de pensões de diversified bond no mapa de retorno e risco a três anos

obrigações PPR
Créditos: Jakub Gorajek (Unsplash)

Dos fundos mobiliários e dos fundos de pensões do universo de estratégias PPR, ao observarmos a categoria Diversified Bond da Morningstar, é possível encontrar uma lista de oito fundos de obrigações que se encaixam nas características desta classificação. São eles o BBVA Solidez PPR, o Fundo de Pensões PPR BIG Taxa Plus, o M3 Capital PPR, o Praemium - S PPR, o PPR Big Conservador, o PPR Big Obrigações Estratégico, o Bankinter Obrigações PPR/OICVM, e o BPI Reforma Obrigações PPR/OICVM. Contudo, apenas cinco destes fundos têm dados a três anos disponíveis na base de dados da Morningstar.

Nesse sentido, e depois de analisada a relação rentabilidade e risco dos fundos de alocação moderada e alocação cautelosa, chegou a altura de olhar para a categoria Diversified Bond e perceber que fundos se destacam a três anos.

À primeira vista é possível perceber que apenas dois destes cinco fundos apresentam um retorno positivo num espaço de três anos. Estes últimos anos têm sido, de facto, um período complexo para os portefólios que se focam exclusivamente em fixed income. No entanto, Rita Gonzalez, partner de investimentos na sociedade Baluarte Wealth Advisors e Nicolas Trindade, gestor do AXA WF Global Short Duration Bonds da AXA IM, ainda acreditam no papel diversificador que esta classe de ativos pode ter.

Um fundo sai claramente destacado

Em boa verdade, o que o mapa de retorno e risco da Morningstar demonstra é que um produto sai claramente destacado dos seus pares. Falamos do Fundo de Pensões PPR BIG Taxa Plus, o fundo que obteve a melhor relação rentabilidade e risco a três anos, ao alcançar 0,26% de retorno por unidade de risco. Constituído em 2013, o fundo de poupança reforma que combina a excelência da sociedade gestora de pensões Futuro na gestão administrativa com a experiência do BiG, responsável pela gestão financeira, registou 1,5% de retorno e 5,8% de desvio padrão.

Nesta categoria de investimento mais conservadora, o outro destaque vai para o produto PPR Big Obrigações Estratégico que, tal como o produto anteriormente mencionado, combina a gestão da entidade gestora Futuro com o BiG. Neste horizonte temporal, o retorno do fundo foi de 0,5% e o desvio padrão de 6,5%, o que faz com que alcance um retorno por unidade de risco de 0,07%.

Mapa de retorno e risco a três anos

Fonte: Morningstar Direct.