Recursos fora do balanço do Grupo Crédito Agrícola crescem 6,1%

gestores boom uptrend crescimento
Créditos: Markus Spiske (Unsplash)

O Grupo Crédito Agrícola encerrou 2021 numa senda de crescimento. Alcançaram um resultado líquido de 158,8 milhões de euros no ano de 2021, o que representou um crescimento de 82,9% face a 2020. Comparativamente com 2019, o crescimento foi de 20,8%.

O negócio segurador, segundo o que reporta a entidade, "também teve um contributo positivo, consubstanciado nos resultados líquidos de 6,1 milhões de euros da CA Vida e de 5,8 milhões de euros da CA Seguros".

A rentabilidade de capitais próprios consolidados (ROE) do grupo cifrou-se em 8,1% (face a 4,9% em 2020). Explicam que estes resultados foram "reflexo dos resultados obtidos nas diferentes componentes do Grupo (Caixas Agrícolas, Caixa Central, companhias de seguros vida e não vida e gestão de activos e fundos de investimento)".

Recursos fora de balanço crescem

Por sua vez, os recursos totais de clientes também cresceram no período, no caso 12,2%, para os 21.060 milhões de euros. Os recursos fora de balanço, por seu turno, atingiram os 1.824 milhões de euros, um crescimento de 6,1% face a 2020, e correspondente a mais 104 milhões de euros.