Três podcasts diretamente recomendados por um profissional de gestão de ativos

Diogo Neto. Millennium bcp - DWM
Diogo Neto. Créditos: Cedida

Hoje apresentamos-lhe mais um contributo de um profissional de gestão de ativos. Desta vez foi Diogo Neto, selecionador de fundos na DWM do Millennium bcp. Venha daí!

“Os podcasts voltaram a estar na moda, sendo que nos últimos anos registaram um crescimento significativo no mercado de entretenimento. A generalização do uso do smartphone e a entrada de novos players no setor (Spotify, Youtube e Google) permitiram que este tipo de conteúdo em formato de áudio se consolidasse como uma excelente alternativa às séries e aos livros, devido sobretudo a um fator fundamental: a conveniência. Assim, deixo aqui algumas sugestões para ouvir na próxima vez que fizer uma viagem de carro ou levar os headphones para ir dar uma corrida:

WeCrashed

Uma série de seis episódios sobre a espetacular ascensão e queda da WeWork, uma startup de imobiliário focada em espaços de co-working e que se tornou num dos unicórnios mais sobrevalorizados da história. A empresa conseguiu angariar mais de 10 mil milhões de dólares, chegando a atingir uma avaliação de 47 mil milhões de dólares em 2019 quando se preparava para o IPO. O negócio acabou por implodir quando foram tornados públicos dados sobre a rentabilidade da empresa e sobre o estilo de gestão do seu carismático CEO e fundador, Adam Neumann, que tinha como missão elevar a consciência do mundo.

The Dropout

Se ficou fã de WeCrashed, então vai adorar The Dropout. Este podcast conta-nos a história de Elizabeth Holmes, uma jovem empreendedora de Silicon Valley que fundou a Theranos, uma startup que prometia revolucionar o sector de healthcare através de uma nova tecnologia que permitia realizar análises ao sangue com apenas uma picada no dedo. Aclamada como uma visionária, Holmes foi prontamente comparada com Steve Jobs pela Forbes, muito também devido à camisola preta de gola alta que adotou como imagem de marca. Com o apoio de investidores como Larry Ellison e Tim Draper bem como o selo de aprovação de Henry Kissinger e do General James Mattis que integravam o Conselho de Administração, Holmes garantiu mais de 700 milhões em financiamento. No entanto, uma investigação do The Wall Street Journal em 2015 revelou que Holmes tinha enganado os investidores e que a tecnologia que nunca tinha funcionado, fazendo com que a empresa, à data avaliada em 10 mil milhões de dólares, entrasse em colapso.

Ambas as histórias podem ser vistas como um manual de más práticas em corporate governance, bem como uma lição para todos os investidores que procuram encontrar the next big thing sem antes adotarem processos de due diligence rigorosos que permitam minimizar o risco e avaliar os investimentos de forma correta, mesmo em casos em que a informação é escassa ou opaca.

The Jornal

Um podcast diário do WSJ que aborda as histórias mais importantes do momento, explicadas em cerca de 20 minutos. Todos os dias é explorado um único tópico, desde os estímulos fiscais do Biden e o impacto do Covid na economia real às criptocurrencies e NFTs. É um podcast essencial para se estar a par dos Estados Unidos e do mundo”.