Fundos imobiliários abertos crescem em março, apesar de quebra no total do mercado

Fundos imobiliários, Fundos imobiliários abertos crescem em março, apesar de quebra no total do mercado

Dados divulgados pela CMVM mostram que em março de 2021, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) atingiu os 10.757,0 milhões de euros, menos 46,5 milhões (0,4%) do que em fevereiro. O mercado português de fundos imobiliários mantém-se relativamente estável face ao início do ano (10.835,3 milhões de euros em 31 de dezembro) em termos de valor gerido. Os fundos de investimento imobiliário abertos, no entanto, viram o valor gerido crescer 0,8%, para os 3.401,2 milhões de euros.

Fundos imobiliários, Fundos imobiliários abertos crescem em março, apesar de quebra no total do mercado

A Interfundos (12,2%) e a Square AM (11,4%) mantêm a liderança, tendo inclusive reforçado em mais de 10 pontos base as respetivas quotas de mercado no mês. A Caixa Gestão de Ativos (9,0%) fecha o trio de líderes. 

Em março foi liquidado o fundo de investimento imobiliário Imomar, gerido pela Caixa Gestão de Ativos.

Fundos imobiliários, Fundos imobiliários abertos crescem em março, apesar de quebra no total do mercado