Fundos imobiliários abertos fecham ano com crescimento de mais de 8%

Fundo imobiliário, Fundos imobiliários abertos fecham ano com crescimento de mais de 8%
Créditos: Iker Urteaga (Unsplash)

Os dados divulgados pela CMVM mostram que 2021 foi um ano relativamente morno para o mercado de fundos imobiliários nacional. Em dezembro de 2021, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) atingiu os 10.923,5 milhões de euros. Este valor representa mais 109,7 milhões (1,01%) do que em novembro, mas um crescimento de apenas 0,81% ou 88 milhões de euros face ao final do ano passado (10.835,3 milhões de euros no final de 2020).

Indicadores em 2021

Fundo imobiliário, Fundos imobiliários abertos fecham ano com crescimento de mais de 8%

O conjunto dos fundos abertos nas três categorias, por seu lado, mostra uma evolução muito mais expressiva, pela positiva, apresentando um crescimento de 8,8% ou 366 milhões de euros para os 4.537,1 milhões, enquanto os fundos fechados viram o volume gerido contrair 4,17% ou 278 milhões de euros para os 6.386,4 milhões. O número de fundos total contraiu em cinco unidades.

Indicadores em 2020

Fundo imobiliário, Fundos imobiliários abertos fecham ano com crescimento de mais de 8%

Quotas de mercado

A liderança do mercado, como já havíamos reportado, viu uma alteração significativa, nomeadamente a conquista da liderança por parte da Square Asset Management. A entidade gestora independente viu a sua percentagem do mercado nacional de fundos portugueses crescer e ultrapassar a Interfundos, que ocupa agora o segundo lugar.

Quotas de mercado em 2021

Fundo imobiliário, Fundos imobiliários abertos fecham ano com crescimento de mais de 8%

A Caixa Gestão de Ativos e GNB Real Estate mantêm-se na terceira e quarta posições do ranking, respetivamente. A Norfin veio perdendo quota de mercado ao longo do ano e foi ultrapassada pela BPI Gestão de Ativos.

Quotas de mercado em 2020

Fundo imobiliário, Fundos imobiliários abertos fecham ano com crescimento de mais de 8%

Atividade em dezembro

No último mês do ano foram constituídas a sociedade de investimento imobiliário Reward Properties I - SICAFI gerida pela Insula Capital, a Touchwise, SICAFI, gerida pela LYNX Asset Managers e a Castro Red Capital, SICAFI, gerida pela Silvip.

Foram liquidados o fundo especial de investimento imobiliário Porto d'Ouro, gerido pela Caixa Gestão de Ativos e os fundos de investimento imobiliário Montepio Arrendamento e Montepio Arrendamento II geridos pela Montepio Valor.

Em dezembro foi ainda declarada a insolvência do fundo de investimento imobiliário Invesfundo II, gerido pela Gesfimo.