Interfundos consolida posição de liderança entre as maiores gestoras imobiliárias

4077773800_116db003f1_b
ziggyairedale, Flickr, Creative Commons

Mais um mês, mais uma queda nos ativos sob gestão das entidades que gerem produtos imobiliários. Os dados da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) mostram que o valor da carteira dos fundos imobiliários no final de novembro ascendia a 9.611 milhões de euros, menos 0,48% do que no final do mês anterior. Em termos monetários a redução foi de 46 milhões de euros. De notar que estes dados da Associação representam cerca de 90% do total gerido em Portugal por fundos imobiliários, de acordo com os cálculos da CMVM.

O ano de 2015 tem sido complicado para o segmento imobiliário. Desde do início do ano até ao final do mês de novembro o valor da carteira já decaiu 6,5%, ou seja, mais de 667 milhões de euros.

Entre as maiores entidades, tudo na mesma

Analisando as maiores entidades do segmento, verificamos que continua tudo na mesma, face ao mês anterior. A Interfundos continua a liderar o segmento com um valor líquido sob gestão superior a 1.383 milhões de euros, que se dividem pelos 40 produtos geridos pela entidade. Logo depois, com um valor de carteira acima de 1.241 milhões de euros vem a Fundger. Esta entidade tem sob sua responsabilidade 27 fundos de investimento imobiliário.

A Square Asset Management fecha o top3 das maiores entidades imobiliárias com um valor em carteira de 849 milhões de euros com a responsabilidade de gerirem 5 fundos de investimento. No entanto, esta classificação apenas junta as entidades associadas à APFIPP, visto que de acordo com a CMVM a terceira maior entidade nacional é a Norfin.

Com mais de 500 milhões de euros em valor líquido sob gestão figuram mais quatro entidades. Com um montante de 736 milhões de euros vem a GNB Gestão de Ativos sendo seguida da Gesfimo com 593 milhões de euros. Já com 581 milhões vem a Banif Gestão de Activos com a Montepio Valor a ser a última entidade com um valor em carteira superior a 500 milhões de euros.

As 15 maiores entidades imobiliárias nacionais

Gestora Outubro 2015 Novembro 2015 Var % Var €
Interfundos  1 376 688 210,34 €  1 383 351 667,43 € 0,48% 6 663 457 €
Fundger  1 264 000 834,96 €  1 241 754 183,93 € -1,76% -22 246 651 €
Square Asset Management  851 597 950,18 €  849 653 125,89 € -0,23% -1 944 824 €
GNB – SGFII  746 020 509,13 €  736 598 821,61 € -1,26% -9 421 688 €
Gesfimo  593 806 838,65 €  593 872 952,16 € 0,01% 66 114 €
Banif Gestão de Activos  581 955 423,93 €  581 341 634,27 € -0,11% -613 790 €
Montepio Valor  585 867 146,46 €  573 091 743,79 € -2,18% -12 775 403 €
Imofundos  492 126 659,34 €  484 287 649,77 € -1,59% -7 839 010 €
Santander Asset Management  478 857 768,31 €  478 253 190,04 € -0,13% -604 578 €
Selecta  420 779 843,64 €  421 169 755,19 € 0,09% 389 912 €
Sonaegest  399 986 542,69 €  401 033 591,27 € 0,26% 1 047 049 €
BPI Gestão de Activos  347 409 177,07 €  344 234 194,36 € -0,91% -3 174 983 €
Silvip  298 122 749,00 €  298 473 574,00 € 0,12% 350 825 €
Gef  280 745 246,74 €  268 780 057,59 € -4,26% -11 965 189 €
Fundiestamo  202 130 335,66 €  203 945 864,36 € 0,90% 1 815 529 €
Fonte: APFIPP no final de novembro