Allfunds entrará em bolsa a 23 de abril a um preço de entre 10,50 a 12 euros por ação

Allfunds, Allfunds entrará em bolsa a 23 de abril a um preço de entre 10,50 a 12 euros por ação
Juan Alcaraz. Créditos: Cedida

A Allfunds, publicou o seu folheto sobre a entrada na bolsa no qual detalham os prazos previstos do processo e uma faixa de valorização que irá entre os 10,50 e os 12,00 euros por ação. Isto implicará uma capitalização de mercado entre os 6.600 e 7.600 milhões de euros.

Num comunicado enviado à imprensa, a entidade explica que levará a cabo uma colocação privada de um máximo de 163.650.850 ações que atualmente são propriedade da LHC3 Plc –indiretamente nas mãos de fundos geridos por sócios da Hellman & Friedman LLC e Eiffel Investment Pte Ltd, um veículo de investimento da GIC Special Investments Pte Ltd, BNP Paribas Securities Services e Credit Suisse A.G. Esta colocação é dirigida exclusivamente a investidores institucionais.

Isto representará que seja colocado como máximo em torno de 26% do capital da empresa. Além disso, alocou-se um greenshoe de até 15% sobre a emissão e que poderá ser exercido num prazo de 30 dias úteis posteriores à primeira data de cotação (inicialmente prevista para o próximo dia 23 de abril).

No caso de o greenshoe ser exercido na íntegra, e assumindo a colocação de todas as ações oferecidas, o valor da OPV situar-se-á entre os 2.000 e os 2.300 milhões de euros, e corresponderá a um máximo em torno dos 29,9% do capital da empresa.

Além disso, a BlackRockJupiter Investment Management, Mawer Investment Management Ltd, Lazard Asset Management, e a Janus Henderson Global Investors, fecharam um acordo (cornerstone agreement) mediante o qual passam a fazer parte como investidores cornerstone da estrutura acionária da empresa com a aquisição de ações num montante total de 850 milhões de euros. Desta quantia, 250 milhões de euros correspondem à BlackRock, 200 milhões de euros à Jupiter, 160 milhões de euros à Mawer e 120 milhões de euros à Lazard e à Janus Henderson Investors.

“Estamos muito satisfeitos com o interesse que a nossa OPV está a despertar e damos as boas-vindas à BlackRock, Jupiter, Mawer, Lazard e à Janus Henderson”, afirmou Juan Alcarazfundador e CEO da Allfunds. Além disso, especificou que espera “ansiosamente a entrada na bolsa”. "Um feito-chave para continuar a impulsar a nossa ambição de materializar a transformação digital da indústria da gestão patrimonial”.