Chart of the week: Como se repartem os novos lançamentos entre fundos e ETF na Europa?

Cabaz ETF gestão ativa passiva

No chart of the week desta semana destacamos o gráfico publicado numa análise recente da Oliver Wyman divulgada pela FundsPeople que mostra o quanto nos novos lançamentos de ETF na Europa ganham preponderância em relação ao lançamento dos fundos tradicionais.

Depois de um período relativamente estável - no equilíbrio entre os dois tipos de estruturas - de 2016 a 2020, 2021 marcou o primeiro ano em que os novos lançamentos de ETF atingiram os 15% do total.

Como referido repetidamente no recente evento da FundsPeople, O futuro dos ETF, a figura do fundo cotado tem ganho gradualmente a confiança dos investidores, sobretudo em momentos de turbulência nos mercados, o que tem consolidado a sua atratividade. Assistimos a isso na crise financeira, na crise do euro e novamente no ano passado, quando os ETF registaram captações líquidas de 80.000 milhões de euros na Europa, em comparação com 244.000 milhões de saídas que os fundos de gestão ativa registaram.