Identificar os vencedores do futuro nos mercados mundiais de obrigações através de uma abordagem ESG

Johan Swahn, Nordea
Johan Swahn, Nordea AM. Créditos: Foto cedida

TRIBUNA de Johan Swahn, gestor do Nordea Global Stars Equity Strategy, da Nordea AM. Comentário patrocinado pela Nordea AM.

Ultimamente, parece que todas as gestoras de ativos se tornaram especialistas em critérios ambientais, sociais e de governança (ESG). No entanto, na Nordea Asset Management (NAM), há décadas que temos vindo a integrar discretamente princípios ESG nas nossas estratégias. A nossa Estratégia Global Equity Stars constitui a ilustração perfeita de como a aplicação generalizada e exaustiva de abordagens ESG pode dar lugar a rentabilidade financeira com responsabilidade.

A experiência importa

A sustentabilidade está profundamente enraizada na cultura, filosofia e no modelo de negócios da Nordea Asset Management (NAM). Lançámos a nossa primeira estratégia ESG com filtros setoriais há mais de três décadas, e fomos os primeiros signatários dos Princípios para o Investimento Responsável das Nações Unidas (UN PRI) em 2007. Desde então, constituímos a nossa premiada equipa de Investimento Responsável (IR) – que, com 19 analistas, é uma das maiores a nível Europeu em termos de analistas centrados exclusivamente em questões ESG – além da nossa gama de fundos sustentáveis.

A NAM lançou a primeira das suas atuais 17 estratégias ESG STARS há uma década. Todas as estratégias ESG STARS têm o objetivo superar o índice de referência investindo em líderes sustentáveis, com sólidos padrões em matéria de ESG e capazes de gerar um impacto duradouro.[1]

Superar o índice[2] através de uma plena integração dos princípios ESG

“As estratégias ESG STARS procuram identificar os líderes empresariais sustentáveis do amanhã”, comenta Johan Swahn, gestor de carteira da Estratégia Global Stars Equity da Nordea. Swahn co-administra a estratégia Global Stars Equity da Nordea em conjunto com Joakim Ahlberg, apoiados pela diversidade e experiência dos 25 profissionais da equipa de Fundamental Equities, e da equipa de IR da NAM. A equipa recorre a uma rigorosa análise fundamental “bottom-up” para identificar empresas com “expectativas” atraentes – as diferenças entre as expectativas por parte da NAM e as valorizações do mercado – e com vantagens competitivas sustentáveis. Os analistas ESG da equipa de Investimento Responsável na NAM trabalham em conjunto com os gestores de carteira, fornecendo-lhes informação valiosa acerca dos possíveis riscos e oportunidades que, em última análise, são tidos em consideração no momento de fazer a avaliação financeira da empresa.

Simultaneamente, o robusto e comprovado modelo de pontuação interno da equipa de IR atribui uma pontuação ESG prospetiva a cada empresa analisada. A cada empresa é-lhe outorgada uma classificação A, B ou C: as estratégias ESG STARS não podem investir em empresas como uma classificação C.

A interação como catalisador de sucesso da abordagem ESG

A participação ativa (active ownership) – que inclui votação bem como a interação com as empresas – é um componente chave do conceito ESG STARS. “Acreditamos que a participação ativa alberga um poder extraordinário. Trata-se de uma forma de aumentar o valor para os acionistas no longo prazo, assim como criar impactos positivos para a sociedade no seu todo”, como explica Swahn.

A empresa de energia elétrica americana Xcel Energy é um bom exemplo do efeito que a interação por parte das gestoras de ativos com as empresas pode exercer. Antes de iniciar o processo de interação com a Xcel, a empresa baseava 60% da sua geração de eletricidade em carvão e outros combustíveis fósseis. Nove meses depois do início da interação, levada a cabo de forma colaborativa com a Climate Action 100+, a Xcel passou a ser a primeira empresa de abastecimento público americana a comprometer-se a fornecer eletricidade 100% livre de emissões até 2050. A empresa também se comprometeu a reduzir em 80% das suas emissões associadas à eletricidade até 2030.

Exercer uma repercussão positiva

As estratégias ESG STARS da Nordea centram-se em criar um impacto positivo a longo prazo. “Acreditamos que as empresas que alinham as suas práticas e modelos de negócio com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas se estão a adaptar às necessidades futuras da sociedade”, comenta Swahan. Portanto, a NAM quantifica a exposição da Estratégia Global Stars Equity aos objetivos tanto sociais como ambientais em conformidade com os ODS, bem como a pegada de carbono da estratégia.

Na NAM, acreditamos que um sólido desempenho em matéria de ESG não pode estar apenas acompanhado de retornos financeiros mas também ser um importante catalisador destes. A Estratégia Global Stars Equity pode materializar os objetivos ESG através da combinação das análises financeiras com o ESG, de modo a oferecer rentabilidade financeira com responsabilidade[3].

Nordea Asset Management é o nome funcional do negócio de gestão de ativos conduzido pelas seguintes entidades legais: Nordea Investment Funds S.A. e Nordea Investment Management AB (“as Entidades Legais”) e as suas sucursais, subsidiárias e escritórios de representação. Este documento tem o objetivo de prover o leitor com informação sobre as capacidades específicas da Nordea. Este documento (ou qualquer visão ou opinião expressa no mesmo) não representa um conselho de investimento nem uma recomendação de qualquer produto financeiro, estrutura de investimento ou instrumento, para entrar ou sair de certa operação ou para participar em qualquer estratégia de trading. Tal só poderá ser feito através de um Offering Memorandum, ou através de um contrato similar. O presente documento não poderá ser reproduzido ou divulgado sem autorização prévia. © As Entidades Legais aderentes à Nordea Asset Management e todas as suas sucursais, subsidiárias e escritórios de representação.


[1] Não há nenhuma garantia de que o objetivo de investimento, o retorno alvo e os resultados de um investimento sejam atingidos. O valor do seu investimento pode subir ou descer e poderá perder uma parte ou a totalidade do seu dinheiro investido.

[2] Não há nenhuma garantia de que o objetivo de investimento, o retorno alvo e os resultados de um investimento sejam atingidos. O valor do seu investimento pode subir ou descer e poderá perder uma parte ou a totalidade do seu dinheiro investido.

[3] Não há nenhuma garantia de que o objetivo de investimento, o retorno alvo e os resultados de um investimento sejam atingidos. O valor do seu investimento pode subir ou descer e poderá perder uma parte ou a totalidade do seu dinheiro investido.