Prémios Morningstar 2022: os finalistas na categoria Melhor Fundo de Ações Global

Prémios Morningstar, Prémios Morningstar 2022: os finalistas na categoria Melhor Fundo de Ações Global
Créditos: JOSHUA COLEMAN (Unsplash)

Na categoria de Melhor Fundo de Ações Global, da entrega dos Morningstar Portugal Awards for Investing Excellence 2022, distinguem-se os seguintes finalistas: Capital Group New World Fund (LUX) e Capital Group New Perspective Fund (LUX), ambos geridos pela Capital Group, e também o MFS Meridian Global Concentrated Fund, da MFS Investment Management.

Lançado em 2016, o Capital Group New World Fund (LUX) procura um crescimento de capital a longo prazo através do investimento em ações de empresas com exposição significativa a economias e mercados em desenvolvimento. Com cerca de 409 títulos em carteira, o fundo apresenta uma carteira bastante diversificada. No entanto, o setor com maior peso é o da tecnologia da informação (18,2%), seguido do financeiro (13%) e saúde (11,1%). Entre as maiores posições está a Microsoft, Reliance Industries e Vale.

O segundo produto distinguido, criado em 2015, é denominado fundo core de ações globais. Através de uma abordagem bottom-up, é caracterizado como um fundo que procura as multinacionais líderes, investindo nas empresas que melhor estão posicionadas a prosperar numa economia global. Com 286 títulos em carteira, o setor de IT (21,9%), a par do fundo anteriormente mencionado, continua a ser o mais preponderante, mas agora segue-se o setor do consumo discricionário (19,6%) e, em terceiro, o setor da saúde (12,2%). A região norte-americana (58,7%) é a região de investimento preferida da equipa de gestão, seguida da europeia (23,2%). A Tesla é a empresa em carteira com maior preponderância, com cerca de 8,4% de peso no portefólio. 

Já quando falamos do MFS Meridian Global Concentrated Fund, falamos do fundo mais antigo destes três, e também do que detém a carteira mais concentrada, com cerca de 50 empresas mundiais no portefólio. Foi lançado em 2005 e a equipa de gestão procura ações que na sua perspetiva possam oferecer crescimento acima da média e que estejam subvalorizadas. Nesse sentido, a Thermo Fisher Scientific, Visa e Accenture fazem parte do Top 3 da carteira.

De notar que os dois primeiros fundos são distinguidos com Rating FundsPeople 2022.