Unit linked impulsiona fundos de investimento nas carteiras das seguradoras

segurança
Créditos: Umit Yildirim (Unsplash)

 A ASF publicou recentemente o Relatório do Setor Segurador e dos Fundos de Pensões de 2021. A FundsPeople publicou já um artigo sobre os fundos mobiliários que ganharam um grande destaque dentro dos fundos de pensões e neste veremos as variações e as evoluções mais relevantes apresentadas pelos fundos afetos às provisões técnicas das empresas de seguros.

Dentro dos investimentos por carteira de seguros, destacam-se os seguros Vida (exceto unit linked), que apesar de apresentarem um decréscimo de 7,9%, são ainda maioritários, com 28.795 milhões de euros investidos. Por outro lado, “os ramos Unit Linked e Não Vida registaram um aumento de 18,7% e 3,9%, respetivamente”.

Quanto aos tipos de ativos, é possível verificar que composição dos fundos tem-se mantido, na sua generalidade, constante. É, no entanto, possível observar um decréscimo na maioria dos tipos de ativos em relação ao ano de 2020. Destacam-se os títulos de dívida pública e equiparados e as U.P. em fundos de investimento mobiliário por registarem um decréscimo de 6% e 7%, respetivamente.

Analisando agora a alocação dos investimentos por carteira de seguros, podemos observar que os Vida (exceto unit linked) e os Não vida são dominados pelos Títulos de dívida pública e equiparados (46% e 35%, respetivamente), enquanto os Unit Linked são dominados pelos U.P. em fundos de investimento mobiliário (59%).

Quanto à política de investimentos, as duas categorias de títulos com maior representatividade (títulos de dívida pública as obrigações privadas) no total da carteira registaram um decréscimo. Segundo o relatório, a diminuição do primeiro conjunto é justificada “pela variação negativa da exposição às soberanas nacionais”. Em contrapartida, o peso das unidades de participação (U.P.) em fundos de investimento mobiliário aumentou 7%.

“Os movimentos descritos refletem, essencialmente, as evoluções ao nível das carteiras de seguros Vida (exceto unit linked) e de seguros unit linked, com destaque para os últimos”, conclui o relatório.