Wells Fargo AM inicia o seu caminho independente sob o novo nome Allspring Global Investments

Allspring Global Investments, Wells Fargo AM inicia o seu caminho independente sob o novo nome Allspring Global Investments
Joe Sullivan. Créditos: Cedida (Wells Fargo AM)

Meses depois do início das negociações e do anúncio da mudança de nome, a Wells Fargo AM torna-se oficialmente na Allspring Global Investments. A gestora começou a operar como uma entidade de gestão de ativos independente. É o culminar de um processo iniciado no início deste ano quando a GTCR e a Reverence Capital Partners, duas empresas de capital privado, anunciaram que pagariam 2.100 milhões de dólares pela casa gestora americana.

A renovação da marca também chegou pela mão de uma mudança de liderança. Originalmente foi comunicado que Nico Marais, ex-diretor executivos da Wells Fargo AM, permaneceria no cargo principal. Mas agora notificaram a sua saída do cargo ainda que se mantenha no Conselho. Joseph Sullivan assumirá o papel de CEO.

Quem é a Allspring?

A Allspring Global Investments é uma gestora de ativos independente. Conta com mais de 587.000 milhões de dólares em ativos sob gestão. Este número é repartido entre uma vasta gama de capacidades de investimento em múltiplas classes de ativos. Operam em 18 escritórios em todo o mundo e planeiam estabelecer a sua sede em Charlotte, na Carolina do Norte.

“Reconhecemos que as expetativas dos investidores no mundo atual vão mais além do seguimento alfa. O nosso compromisso será gerar um valor excecional para os clientes elevando a nossa plataforma de investimento e modelo operacional. Com o forte apoio dos nossos parceiros, a GTCR e a Reverence Capital, estamos prontos para capitalizar as muitas oportunidades que temos à nossa frente e ver um enorme potencial para expandir o nosso negócio a novos mercados e capacidades”, explica Sullivan.