Alguns dados sobre o mercado da dívida verde, social e sustentável

ESG, Alguns dados sobre o mercado da dívida verde, social e sustentável
Créditos: Casey Horner (Unsplash)

A consultora MainStreet Partners, sediada no Reino Unido e especialista em consultoria ESG e análise de portefólios sobre investimentos sustentáveis, ESG e impacto, publicou um relatório que explora o mercado da dívida verde, social e sustentável. O relatório detalha o papel atual e futuro do mercado obrigacionista na resolução dos desafios climáticos e sociais do futuro.

No relatório inaugural GSS Bond Market Trends, a empresa revê as tendências atuais e futuras que estão a mudar fundamentalmente à medida que as empresas e os governos são financiados pelos mercados de capitais. O relatório analisa a evolução das obrigações verdes, da dívida sustentável do país e das obrigações ligadas à sustentabilidade (SLB), uma das maiores estrelas do mercado.

Alguns factos

Entre as principais conclusões do relatório está o facto de o mercado da dívida verde, social e sustentável ter crescido a um ritmo de 50% ao ano nos últimos cinco anos. Em 2021, 29% da dívida investment grade em euros de empresas não financeiras era verde, social e sustentável.

No que diz respeito ao mercado SLB, continua também a crescer a um ritmo significativo. A emissão anual atingiu os 90 mil milhões de dólares em 2021, acima dos 9 mil milhões do ano anterior.  O tipo e a variedade de indicadores sustentáveis utilizados por este tipo de obrigações também está a aumentar consideravelmente, e muitos emitentes estão a regressar ao mercado com metas mais ambiciosas.

Olhando para o futuro, a consultora sublinha que um ambiente de subida das taxas de juro e de crescente regulação ESG são dois desafios que estão para vir, mas o apoio das empresas e dos governos está a acelerar a emissão de dívida verde, social e sustentável.

Valuation

De acordo com Pietro Sette, analista da MainStreet Partners, “todos concordam que as conversas entre investidores e empresas que emitem dívida sustentável estão a mudar consideravelmente, colocando o foco nos objetivos climáticos e sociais. Os tipos de projetos financiados tendem a ser, muitas vezes, os relativos às infraestruturas de energias renováveis e aos veículos elétricos, embora também vejamos projetos relacionados com a oferta de habitação a preços acessíveis e relacionados com a saúde pública”.

Num ambiente regulatório em constante mudança, a transparência sobre os dados relacionados com obrigações verdes, sociais e sustentáveis é essencial para que as empresas e investidores calculem e divulguem informações não financeiras.