Captações a um ano: IMGA e GNB GA lutam pelo predomínio nas estratégias de obrigações

fundos de obrigações, Captações a um ano: IMGA e GNB GA lutam pelo predomínio nas estratégias de obrigações
Créditos: NeONBRAND (Unsplash)

Mesmo com o difícil ambiente em que se encontram os fundos obrigacionistas, esta classe de ativos continua a captar montantes significativos no mercado português. Prova disso mesmo é que os 10 fundos de obrigações – sob gestão nacional – que mais captaram a um ano foram responsáveis por 40% do montante total captado pelos 10 fundos nacionais que mais dinheiro encaixaram neste período. Destes 40%, metade desse montante foi arrecadado pelo já bem conhecido fundo da IM Gestão de Ativos: o IMGA Liquidez. Mais concretamente, este produto registou entradas de mais de 582 milhões de euros de maio de 2020 a maio de 2021 – o que já lhe conferiu o primeiro lugar na lista dos fundos nacionais que mais captaram nesse período.

De facto, a IM Gestão de Ativos continua a conquistar um lugar de destaque com os seus fundos de liquidez e curto prazo. A entidade posiciona agora, no Top 10 fundos de obrigações que mais captaram a um ano, o IMGA Rendimento Semestral. Por sua vez, esta estratégia de investimento, detentora de Selo FundsPeople 2021 pela classificação de Blockbuster, arrecadou 74 milhões de euros - o que é, de facto, um montante nada comparável ao que o produto líder captou.

Os mais de 657 milhões de euros que tiveram como destino estes dois fundos de obrigações da IMGA representaram uma larga fatia no total captado pela entidade. Tal como observámos recentemente, neste artigo.

Na terceira posição do ranking encontra-se o Caixa Obrigações Longo Prazo, da Caixa Gestão de Ativos. Este fundo de investimento, com Selo FundsPeople 2021 pela classificação de Blockbuster, conseguiu arrecadar mais de 71 milhões de euros em um ano.

Top 10 fundos de obrigações que mais captaram a um ano

Fundo Selo FundsPeople 2021Entidade gestoraMorningstar CategoryAuM em maio de 2021 (€)Total de captações a 1 ano (€)
IMGA LiquidezIM Gestão de AtivosUltra Short-Term Bond786 710 959582 940 223
IMGA Rendimento SemestralBIM Gestão de AtivosDiversified Bond - Short Term263 289 19174 745 439
Caixa Obrigações Longo PrazoBCaixa Gestão de AtivosDiversified Bond110 803 80371 114 342
BPI DefensivoBPI Gestão de AtivosUltra Short-Term Bond504 958 02958 957 077
NB Euro BondBCGNB Gestão de Ativos (GNB International Management)Government Bond211 451 69753 644 416
NB Subordinated Debt GNB Gestão de Ativos (GNB International Management)Subordinated Bond64 945 66641 992 859
NB Rendimento Plus GNB Gestão de Ativos Flexible Bond81 510 49435 055 096
NB Obrigações EuropaBGNB Gestão de Ativos Government Bond139 196 94232 796 163
NB Corporate EuroBGNB Gestão de Ativos (GNB International Management)Corporate Bond83 802 46929 670 952
NB CAPITALGNB Gestão de Ativos Ultra Short-Term Bond146 506 49420 281 743
Fonte: Morningstar Direct, dados retirados em julho de 2021 e com referência ao final de maio de 2021

Presença da GNB GA e IMGA

Como pode ver pela tabela acima, as duas entidades gestoras mais representadas são a IM Gestão de Ativos e a GNB Gestão de Ativos. Apesar da IMGA posicionar apenas dois fundos entre o Top 10, estes ostentam - como já vimos - o primeiro e segundo lugar dos que mais captam. Por outro lado, a GNB Gestão de Ativos consegue posicionar seis fundos de obrigações sob sua gestão no ranking. Três domiciliados no Luxemburgo (NB Euro Bond, NB Subordinated Debt, NB Corporate Euro), e três em Portugal (NB Rendimento Plus, NB Obrigações Europa, NB Capital). Estes seis fundos representam 21% do montante total captado por estes 10 produtos.  

É de notar, também, que quando olhámos para os 10 fundos obrigacionistas que mais captaram nos primeiros meses de 2021, constavam apenas três fundos sob gestão da GNB GA, o que, pode levar a crer que estes produtos beneficiaram da conjuntura do ano 2020.

Por fim, não poderíamos deixar passar o tema obrigações sem relembrar o podcast, realizado pela FundsPeople, onde junta à conversa Vasco Teles, precisamente da GNB GA, e Guillaume Rigeade, da Carmignac – dois experientes gestores de obrigações.