E os premiados da 1.ª Edição dos Prémios Diário Económico/APFIPP aos melhores fundos são…

unnamed
Funds People

Depois da consagração da indústria de gestão de ativos há duas semanas atrás nos prémios Morningstar (leia mais aqui e aqui), a noite passada foi a vez do Círculo Eça de Queiroz, em Lisboa, se vestir de gala, para os Prémios Diário Económico/APFIPP.

A cerimónia premiou não só a Gestão nacional de Organismos de Investimento Colectivo, como a “Personalidade do Ano”, que visa reconhecer o profissionalismo dos gestores nacionais de OIC e potenciar os êxitos alcançados.

No âmbito do primeiro prémio e ao nível dos OIC domiciliados em Portugal saiu vencedor na categoria de Melhor Fundo de Ações Nacionais, o NB Portugal Ações, da GNB Gestão de Ativos, com José Valente, gestor responsável pelo fundo, a subir ao palco. Seguiu-se a condecoração do Melhor Fundo de Acções Europeias. O prémio foi arrecadado pelo BPI Europa, da BPI Gestão de Activos, com José Badalo a receber o prémio em mãos. Para receber o galardão de Melhor Fundo de Ações Americanas, foi chamado Diogo Pimentel, responsável pelo Santander Acções América, da Santander Asset Management

A entrega de prémios prosseguiu com a Melhor de Outros Fundos de Ações, com o Montepio Euro Healthcare, da Montepio Gestão de Activos, a arrecadar o galardão, que foi recebido por Vítor Saraiva. A Millennium Gestão de Activos saiu vencedora com dois produtos: nos Fundos de Curto Prazo, o premiado foi o Millennium Liquidez, enquanto que na categoria de Fundos Multi-Activos o escolhido foi o Millennium Prestige Conservador. Carlos Pinto Ferreira foi ao palco para receber ambos os prémios. Também a CA Gest saiu com um galardão da cerimónia. A gestora venceu na Categoria de Fundos de Obrigações de Taxa Indexada, com o  CA Rendimento, a cargo de Fernando Nascimento, que recebeu em mãos o prémio. No caso dos Outros Fundos de Obrigações, o premiado foi o Caixagest Obrigações Longo Prazo, da Caixagest, recebido por Joel Carvalheira

Na categoria dos Fundos Flexíveis, o NB Estratégia Ativa II foi considerado o melhor produto. Finalmente, na última categoria, a de Melhor Fundo PPR, o vencedor foi o Santander Poupança Futura FPR. 

Ao nível dos OIC domiciliados noutras jurisdições, foram dois os agraciados. Na categoria de Melhor Fundo de Acções o eleito foi o Millennium SICAV North America Fund, enquanto a distinção de Melhor Fundo de Obrigações coube ao NB Global Enhancement.

No prémio de “Personalidade do Ano”, esta edição distinguiu Carlos Pinto Ferreira, que já tinha subido ao palco para receber dois galardões.

Durante a cerimónia houve ainda espaço para algumas palavras sobre a indústria de gestão de Activos. Por um lado,  António Soares, Partner e Head of Corporate Finance da Linklaters LLP, traçou a história evolutiva dos fundos de investimento em Portugal, enquanto que Carlos Tavares, presidente da CMVM, realçou a importância da "gestão de ativos na economia e nas finanças nacioanais".

OIC domiciliados em Portugal premiados
Categoria  Fundo  Gestora
Fundos de Acções Nacionais (não inclui PPA)  NB Portugal Ações  GNB Gestão de Ativos
Fundos de Acções Europeias  BPI Europa  BPI Gestão de Activos
Fundos de Acções Americanas  Santander Acções América   Santander Asset Management
Outros Fundos de Acções  Montepio Euro Healthcare  Montepio Gestão de Activos
Fundos de Curto Prazo  Millennium Liquidez  Millennium Gestão de Activos
Fundos de Obrigações de Taxa Indexada  CA Rendimento  Crédito Agrícola Gest
Outros Fundos de Obrigações  Caixagest Obrigações Longo Prazo  Caixagest 
Fundos Multi-Activos  Millennium Prestige Conservador  Millennium Gestão de Activos
Fundos Flexíveis  NB Estratégia Activa II  GNB Gestão de Ativos
Fundos PPR  Santander Poupança Futur a FPR Santander Asset Management

 

OIC domiciliados noutras jurisdições premiados 
Categoria  Fundo  Gestora
Fundos de Acções Millennium Sicav North America Fund F&C Asset Management
Fundos de Obrigações NB Global Enhancement   GNB International Management