Fundos de obrigações governamentais: o mapa de retorno e risco nos últimos cinco anos

obrigações governamentais, Fundos de obrigações governamentais: o mapa de retorno e risco nos últimos cinco anos
Créditos: Ernesto Velázquez (Unsplash)

Vimos recentemente que, no período de um ano, apenas dois fundos de obrigações governamentais constavam no Top 15 entre os que mais captaram na categoria de obrigações. Esses dois produtos eram o NB Euro Bond e o NB Obrigações Europa. Agora, como tem vindo a ser habitual, observamos no mapa de retorno e risco da Morningstar como se relacionam os produtos desta categoria de investimento.

Para além desses dois fundos da GNB Gestão de Ativos, que são ambos geridos por Vasco Teles, podemos encontrar também nesta categoria o IMGA Dívida Pública Europeia, da IM Gestão de Ativos, gerido por Filipa Venda, e o Montepio Taxa Fixa, da casa gestora Montepio Gestão de Activos.

Outro campeonato

Ao repararmos no mapa representado abaixo, verificamos o trabalho que tem vindo a ser feito pela equipa da GNB Gestão de Ativos na gestão dos seus dois fundos de obrigações governamentais. É que, o NB Euro Bond e o NB Obrigações Europa, alcançam um retorno absoluto pelo menos superior a 6,6% nos últimos cinco anos, segundo os dados da Morningstar. Valores que os fazem estar claramente destacados dos seus pares. Especificamente, 6,6% foi o retorno alcançado pelo NB Euro Bond, enquanto 7% pelo NB Obrigações Europa.

Ao calcularmos o retorno ajustado ao risco, é efetivamente o NB Obrigações Europa que segue na liderança, com cerca de 0,95%. O seu parente NB Euro Bond não fica muito para trás, alcançando nesta métrica 0,93%. Aliás, este último veículo de investimento foi premiado recentemente nos prémios da APFIPP, levando para casa o galardão de Melhor Outros Fundos de Obrigações.

Ao termos em conta a relação entre a rentabilidade e o risco, segue-se o Montepio Taxa Fixa com 0,40%. Já o IMGA Dívida Pública Europeia alcançou 0,16% nestes últimos cinco anos.

Face ao mapa de retorno e risco a três anos, o retorno absoluto alcançado pelas duas estratégias da GNB GA foi superior, bem como o retorno ajustado ao risco. Já relativamente ao Montepio Taxa Fixa, no período mais curto tinha alcançado 0,7% de retorno, enquanto agora alcançou 0,8%. O IMGA Dívida Pública Europeia, por outro lado, a três anos conseguiu um valor em termos de retorno absoluto de 2,2%, e a cinco anos de 0,7%.

Mapa de retorno e risco a cinco anos

obrigações governamentais, Fundos de obrigações governamentais: o mapa de retorno e risco nos últimos cinco anos
Fonte: Morningstar Direct

Neste tema de obrigações, vale recordar o podcast realizado no âmbito do Insights Portugal entre dois experts na área: o gestor Vasco Teles e Guillaume Rigeade, da Carmignac. Pode, ainda, conhecer as visões da J.P. Morgan AM e da Amundi sobre onde encontrar valor nas obrigações.