Metade do dinheiro que vai para os ETF europeus está em fundos sustentáveis

ETF ESG, Metade do dinheiro que vai para os ETF europeus está em fundos sustentáveis
Créditos: Aniket Bhattacharya (Unsplash)

O investimento socialmente responsável está imparável. E essa aposta não é exclusiva de fundos ativos, mas também de passivos. Isto é visto num estudo recente publicado pela plataforma TrackInsight, que mostra como os ETF ESG, especialmente europeus, estão a receber a maior quantidade de entradas de dinheiro até agora, em 2021.

Em concreto, os ETF ESG em todo o mundo já movem 325.000 milhões de dólares em ativos sob gestão, dos quais 100.000 milhões de dólares são novos fluxos que ocorreram até agosto. Este último valor implica que só em 2021 (incluem-se dados até agosto) todas as subscrições líquidas registadas em 2020 já foram ultrapassadas, que foram de 88.500 milhões de dólares. O número de ETF ESG cotados a nível mundial também cresceu significativamente: foram lançados 174 novos ETF entre janeiro e agosto.

A Europa é a região líder na adoção de ETF ESG, com 13% do total dos ativos a seguirem uma estratégia ESG. Só até agosto arrecadaram 65.600 milhões de dólares, recebendo 50% dos fluxos observados em ETF europeus nesta primeira parte do ano. Em contrapartida, os ETF ESG cotados na América do Norte representam apenas 2% dos ativos regionais de ETF e receberam apenas 6% do total dos fluxos na região até agora este ano.

ETF ESG, Metade do dinheiro que vai para os ETF europeus está em fundos sustentáveis

Pouco Artigo 8.º e 9

Embora a oferta de ETF ESG na Europa não tenha parado de crescer este ano, o mesmo na aconteceu com a lista de produtos cotados que estão incluídos nos artigos 8.º e 9.º do SFDR. De acordo com os dados da Morningstar, os veículos passivos representam apenas 11% e 10% dos ativos incluídos nos artigos 8.º e 9.º, respetivamente, como explicamos neste artigo.