Nordea 1 Emerging STARS Equity Fund: engagement e análise fundamental própria

Nordea 1 Emerging STARS Equity, Nordea 1 Emerging STARS Equity Fund: engagement e análise fundamental própria
Juliana Hansveden e Pierre-Henri Cloarec. Foto cedida (Nordea AM)

Estamos a olhar para a estratégia core de emergentes da linha STARS da Nordea AM. O objetivo do Nordea 1 Emerging STARS Equity Fund é identificar os vencedores de amanhã. E são encontrados após uma seleção proativa de empresas ESG de alta qualidade. São empresas que, na opinião da equipa gestora, têm modelos de negócios sustentáveis. Que cumprem a responsabilidade que têm para com os seus stakeholders (colaboradores, fornecedores, clientes, investidores e sociedade em geral).

O processo de investimento é baseado numa abordagem fundamental bottom up. Os gestores Juliana Hansveden e Pierre-Henri Cloarec procuram ações desvalorizadas pelo mercado, mas com boas oportunidades de crescimento pela frente. Para a equipa de gestão, o Valor Económico Agregado (EVA) é o principal motivador da avaliação futura de uma empresa e do que o mercado acabará por pagar. A filosofia é relativamente de longo prazo. Procuram ineficiências fundamentais no mercado num horizonte de tempo de 1 a 3 anos. Na sua essência, são selecionadores de ações com uma mentalidade GARP (Growth at a Reasonable Price).

Análise ESG do selo Nordea AM STARS

Este fundo com o Selo FundsPeople 2021 pela sua classificação dupla da Blockbuster e Consistente, integra uma análise ESG muito rigorosa. Aqui, o papel da equipa de Investimento Responsável da Nordea desempenha um papel relevante. Trabalham com analistas financeiros e gestores para criar uma solução com três objetivos:

  • Bater o benchmark.
  • Atender aos padrões ESG de Nordea.
  • Gestão ativa e envolvimento pró-ativo com as empresas. O envolvimento é uma perna crucial da gama STARS da Nordea AM.

Atualização do Nordea 1 Emerging STARS Equity Fund

Como resultado desta filosofia de investimento, o portefólio do Emerging STARS tende a ter um viés de crescimento. Esta preferência por ações com estilo de crescimento, argumentam os gestores, permite que capturem melhor as oportunidades de investimento decorrentes de mudanças estruturais de longo prazo que ocorrem nos mercados emergentes. Ou seja, melhorias em tecnologia e produtividade, assistência médica, demografia, melhoria do consumo, descarbonização, entre outros.

Além disso, este viés de crescimento é naturalmente suavizado de acordo com as mudanças no posicionamento do portefólio por meio da seleção valor por valor e bottom-up. Especificamente, agora estão neutros. 

E também estão cientes dos riscos de um estilo de crescimento. Como é sabido, as ações de crescimento normalmente lutam com as expectativas de taxas de juros em rápido aumento, à medida que as taxas de desconto também aumentam e o valor presente dos fluxos de caixa de muito longo prazo que justificam suas avaliações encolhe”, reconhecem. Dito isto, há uma série de caminhos pelos quais eles estão a lidar com a inflação/o aumento dos preços das commodities em carteira (se forem mais do que transitórios):

  • O poder de fixação de preços é um dos seus principais critérios, pois protege a rentabilidade das empresas em tempos de inflação.
  • As economias da América Latina, Médio Oriente, África do Sul e Rússia beneficiam significativamente do aumento dos preços das commodities. Assim, podem aumentar a sua exposição a esta parte do mundo investindo em empresas de commodities, desde que atendam aos seus padrões ESG. Também podemos aumentar a nossa exposição fora do setor de commodities, uma vez que muitas empresas seriam afetadas positivamente pelo aumento do crescimento do PIB. A estratégia Emerging STARS já está 5% sobreponderada na América Latina e quase 3% sobreponderada na Rússia .
  • Se o aumento da inflação ocorrer ao mesmo tempo que a recuperação económica, considerariam aumentar o peso nas empresas cíclicas com potencial de recuperação (o que fizeram no ano passado). Agora estão 7,2% acima do peso em financeiras, por exemplo. Muitas das suas posições de TI têm características cíclicas (semicondutores, por exemplo). Em contraste, as suas seguradoras chinesas / asiáticas ainda não tiveram uma recuperação total, nem a retalhista de roupas brasileira Lojas Renner, para citar alguns exemplos.