Número de participantes em fundos estrangeiros em máximos

fundos estrangeiros, Número de participantes em fundos estrangeiros em máximos
Créditos: MayoFi (Unsplash)

O mercado português de fundos estrangeiros não para de crescer. Recentemente, a FundsPeople foi analisar a alocação das carteiras da gestão de patrimónios nacional e hoje as unidades de participação de fundos estrangeiros ocupam mais de um quinto do total de AuM. Para além disso, o mercado de distribuição de fundos estrangeiros no nosso país viu-se reforçado – de forma significativa – no primeiro trimestre deste ano

Nesse artigo, dávamos conta de que, no primeiro trimestre, o Banco Best e o Banco BPI  foram as entidades que adicionaram mais fundos de caráter internacional à sua oferta. Adicionalmente, de relembrar que no relatório anual Global Distribution Funds, publicado pela PwC, Portugal é o país europeu onde a distribuição transfronteiriça de fundos mais cresceu em 2020. Um facto explicado especialmente pela procura de ETF por parte dos investidores. 

Por causa destes factos (mas não só), seria interessante olhar também para o número de participantes em fundos estrangeiros – dados que são disponibilizados publicamente pela CMVM. Em 2021 o número de participantes atingiu mesmo o seu máximo, considerando os dados históricos que a CMVM disponibiliza. 

Em números, este record traduz-se em 317 709 participantes no final do primeiro trimestre de 2021. O gráfico abaixo permite-lhe ver qual a evolução do número de participantes nos últimos 10 anos.

Evolução do número de participantes em fundos estrangeiros

fundos estrangeiros, Número de participantes em fundos estrangeiros em máximos
Fonte: Dados disponibilizados pela CMVM

20% de crescimento em quatro meses

Se repararmos na evolução do número de participantes, entre final de novembro de 2020 e março de 2021, observamos um crescendo acentuado. Em percentagem, o número de participantes em fundos estrangeiros evoluiu 20% neste período. Já no ano de 2020 parece ter sido o ano que sofreu mais oscilações do número de participantes. No entanto, o número de participantes em fundos estrangeiros recuperou e, tal como já mencionado, está hoje em máximos. 

De notar que o número de participantes é contabilizado por cada fundo de investimento. Ou seja, um investidor que tenha várias unidades de participação em vários produtos de investimento, pode ser contabilizado várias vezes.