Os fundos de ações com mais captações líquidas em fevereiro

7057561633_e48151a8e5
@Doug88888, Flickr, Creative Commons

Os dois primeiros meses, individualmente, foram pouco diferentes um do outro no que toca às captações líquidas. Os dados da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – mostram que, em ambos os meses, houve mais resgates do que subscrições, com o mês de fevereiro a ser marcado a vermelho num total de 60 milhões de euros. Em termos acumulados, nos dois primeiros meses do ano os resgates sobrepuseram-se às subscrições em 212 milhões de euros.

Nos fundos de ações a tendência foi a mesma. A Associação divide os fundos de ações em cinco segmentos – ações nacionais; ações UE, Suíça e Noruega; ações América do Norte; ações sectoriais; e outras ações internacionais – , com quatro deles a registarem captações líquidas negativas em fevereiro. A exceção foi a categoria dos “outros fundos de ações internacionais” que teve resultado positivo de 1,3 milhões de euros, aliviando o total do segmento para um valor negativo de 2,7 milhões de euros. Ainda assim, apesar do segmento apresentar resultado negativo, nove fundos conseguiram ter captações líquidas positivas em fevereiro.

A liderança – tal como tem acontecido ao longo dos últimos meses – vai para o fundo Caixagest Ações Líderes Globais que é gerido pela Caixagest. Foi o único produto que superou a barreira do milhão de euros, ao apresentar um saldo entre subscrições e resgates de 3,5 milhões de euros. No final de fevereiro o seu património superava os 170 milhões de euros. Destaque para o facto deste produto ter sido o fundo de ações com mais captações líquidas em 2015, ano em que superou os 102 milhões de euros.

Mais longe da liderança surgem os restantes produtos. Com 438 mil euros surge o CA Ações Europa que é da responsabilidade da CA Gest, sendo seguido do BPI América, da BPI Gestão de Activos, com um saldo de 313 milhões de euros. Acima de cem mil euros ainda surge mais um produto. Trata-se do NB Ações Europa da GNB Gestão de Ativos.

Os fundos de ações com captações líquidas positivas em fevereiro

Fundo Gestora Captações Líquidas
Caixagest Ações Líderes Globais Caixagest 3 531 800 €
CA Acções Europa CA Gest 438 900 €
BPI América BPI Gestão de Activos 313 600 €
NB Ações Europa GNB Gestão de Ativos 172 700 €
Caixagest Acções Japão Caixagest 65 700 €
Popular Acções Popular Gestão de Activos 46 200 €
Montepio Euro Utilities Montepio Gestão de Activos 9 300 €
Postal Acções Caixagest 4 500 €
Invest AR Médias Empresas Portugal Invest Gestão de Activos 4 400 €

Fonte: APFIPP no final de fevereiro.