Os fundos de fixed income de gestoras internacionais mais rentáveis de 2021

obrigações 2021, Os fundos de fixed income de gestoras internacionais mais rentáveis de 2021
Obrigacoes bonds security safety defensive

Sim, em 2021 ganhou-se dinheiro em fixed income. No ano passado, foram várias dezenas os fundos de fixed income de entidades gestoras registadas em Portugal que geraram uma rentabilidade em euros superior a 10%. É verdade que a classe de ativos não teve um ano tão luminoso como as ações (como se viu no ranking geral dos fundos de gestoras internacionais mais rentáveis do ano), mas não são valores de retorno desprezíveis considerando o contexto de taxas baixas e com os bancos centrais a anunciar a normalização monetária.

Como todos os anos, revemos os fundos das gestoras internacionais mais rentáveis ​​de 2021. Neste artigo vamos focar nos fundos de rendimento fixo que tiveram o melhor desempenho em 2021, em euros. É um exercício que nos permite desvendar os fatores que movimentaram os mercados ao invés de uma tentativa de julgar a qualidade da gestão. Principalmente em tão pouco tempo. Dito isto, é uma análise que revela tendências interessantes.

O fundo de obrigações mais rentável de 2021: o Eurizon Bond Aggregate RMB

No caso do segmento de fixed income em 2021, é fácil determinar um vencedor claro: as obrigações asiáticas. Mais especificamente, as chinesas. Dos 20 fundos de entidades gestoras internacionais mais rentáveis do ano passado, três são classificados pela Morningstar como tal e se analisarmos bem os nomes dos fundos, encontramos outro nome que, não sendo classificado do mesmo modo, também bebe deste mercado. É o caso do Nordea 1 - Renminbi Bond Fund, classificado como Other Bond.

O Eurizon Bond Aggregate RMB é o fundo de obrigações estrangeiro mais rentável de 2021, com uma rentabilidade em euros de 17,43%. A carteira no final de outubro de 2021 era composta principalmente por títulos de dívida pública (95% do fundo) com apenas 1,78% alocados ao segmento corporativo. E isto é confirmado analisando as principais posições da carteira, posiçõe essas de instituições financeiras de cariz estatal: dívida do Agricultural Development Bank of China, China Development BankChina ou Export-Import Bank of China. E a verdade é que é a tendência que se repete à medida que descemos no ranking com outros fundos de dívida asiáticos. O fundo da Nordea, outro da Schroders e outro da Pictet AM.

2021: um ano do high yield

Mas se a categoria destacada é a dívida chinesa, não o é pelo número de fundos, mas pela combinação da frequência com as posições conquistadas pelos fundos líderes no ano. Isto porque uma segunda e marcada tendência que pudemos desvendar no ranking de rentabilidade é o bom ano que o high yield teve. Especialmente o americano, com sete dos 20 fundos concentrados neste segmento de mercado. Por exemplo, destacam-se o Nomura US High Yield Bond Fund (+ 16,26%) ou o Morgan Stanley IF US Dollar Short Duration High Yield Bond Fund (+ 14,76%).

Uma última nota, mas talvez a mais importante. Ao analisar os retornos, é sempre fundamental considerar o efeito da moeda. Algo que fica mais evidente no caso da análise de fixed income. E vemos isso claramente na tabela a seguir. Vemos como o impacto de ter optado por investir em dólares ou euros fez uma diferença na rentabilidade de quase 10% de forma generalizada. Ou seja, para um investidor em dólares, este ranking seria bem diferente, num ano com um movimento tão marcado entre as duas moedas.

Os fundos de gestoras internacionais mais rentáveis ​​de 2021

FundoEntidade gestoraCategoria MorningstarRetorno Total a 1 ano (EUR)Retorno Total a 1 ano (USD)Retorno Total anualizado a 3 anos (EUR)Retorno Total anualizado a 5 anos (EUR)
Eurizon Bond Aggregate RMBEurizonRMB Bond - Onshore17,439,147,27
Nordea 1 – Renminbi Bond FdNordea AMOther Bond17,178,917,074,18
Schroder ISF China Local Currency BondSchrodersRMB Bond - Onshore16,778,537,294,72
Nomura Fds US High Yield Bond FundNomuraUSD High Yield Bond16,268,068,904,18
Pictet-Chinese Local Currency DebtPictet AMRMB Bond - Onshore15,086,967,024,11
HSBC GIF Global HY Sec Credit BondHSBC AMOther Bond14,966,855,063,85
MS INVF US Dollar Short Dur HY Bd FdMorgan Stanley IMUSD High Yield Bond14,766,667,284,31
Nordea 1 - Intl Hi Yld Bd Fd USD HNordea AMGlobal High Yield Bond14,236,178,354,06
MS INVF US Dollar High Yield Bond FundMorgan Stanley IMUSD High Yield Bond13,915,878,904,66
DNB Fund - High YieldDNB AMOther Bond13,785,753,51
Fidelity US High Yield FundFidelityUSD High Yield Bond13,685,668,023,76
Amundi Fds Pioneer US High Yield BondAmundiUSD High Yield Bond13,585,567,603,24
Amundi Fds Pioneer Global High Yield BdAmundiGlobal High Yield Bond12,995,016,752,92
Capital Group US High Yield Fund (LUX)Capital GroupUSD High Yield Bond12,614,6626,27
BNY Mellon Global High Yield Bond FundBNY Mellon IMGlobal High Yield Bond12,594,657,803,58
Nomura Fds Global Sust Hi Yld Bd FdNomuraGlobal High Yield Bond12,494,559,804,90
BGF US Dollar High Yield Bond FundBlackRockUSD High Yield Bond12,214,297,793,42
MS INVF Global High Yield Bond FundMorgan Stanley IMGlobal High Yield Bond11,763,877,483,71
T. Rowe Price Global High Income Bond FdT. Rowe PriceGlobal High Yield Bond11,203,366,773,47
HSBC GIF Global IG Sec Credit BondHSBC AMOther Bond11,033,203,281,58
Metodologia: A fim de estabelecer um critério o mais homogéneo possível que nos permita um certo grau de comparabilidade nos retornos, foram selecionados fundos estrangeiros (não domiciliados em Portugal) cuja moeda base é o euro. O ranking de rentabilidade também é expresso em euros. Assim eliminamos o efeito cambial e concentramos-nos na gestão. A classe utilizada é a mais antiga disponível em Portugal.