Os fundos multiativos agressivos mais rentáveis em 2021

multiativos agressivos, Os fundos multiativos agressivos mais rentáveis em 2021
Créditos: Patrick Fore (Unsplash)

O ano foi positivo para os ativos de risco, já o referenciámos na análise dos fundos mais rentáveis em 2021. Vemos agora, ao fazermos o mesmo exercício para os fundos nacionais multiativos agressivos, que o retorno alcançado pelo Top 5 desta categoria da Morningstar variou entre 12,5% e 18,5%. É um intervalo de valores que não fica muito aquém dos retornos atingidos pelos fundos de ações nacionais, o que nos pode fazer pensar que, para uma categoria de produtos cuja carteira se divide entre ações e obrigações, os gestores nacionais adotaram posições mais expostas ao risco das ações.

Mas mais do que as rentabilidades alcançadas, o grande destaque desta categoria de produtos nos últimos anos tem sido o fulgor que esta tipologia de fundos tem vindo a demonstrar em Portugal. Em 2021, a própria EFAMA o destacou. Consequentemente, devido à relevância deste mercado, a FundsPeople, em junho do ano passado, foi analisar os fundos estrangeiros preferidos pelos gestores destes fundos. E, ainda durante esse ano, fomos questionar quatro profissionais sobre o papel da dívida pública nos produtos multiativos.

Ações dominam a composição destes fundos

Assim, dos oito produtos nacionais que – segundo a Morningstar – pertencem a esta categoria, o fundo mais rentável em termos absolutos do último ano foi o White Fleet III - Haitong Aggressive Fund. Este fundo, com o Haitong Bank como advisor e domiciliado no Luxemburgo, alcançou um retorno de 18,48% em 2021.

Segundo a própria ficha mensal do produto, em novembro de 2021, a exposição ao segmento acionista representava 89% da sua carteira. Adicionalmente, apresenta uma preferência pelos sectores financeiro e tecnológico, uma vez que juntos representam um quarto da exposição sectorial total.

O segundo lugar pertence ao Santander Popular Global 75, um produto que registou uma rentabilidade de 17,43% no último ano. Gerido pela Santander Asset Management, a carteira deste veículo de investimento, segundo a Morningstar, apresenta uma maior dispersão no que diz respeito à alocação de ativos que o fundo anterior: a componente obrigacionista representa cerca de 10% da alocação total, enquanto a componente acionista representa menos de 80%.

O terceiro lugar é ocupado por um produto da responsabilidade da Montepio Gestão de Activos, que apresentou um retorno de 16,42% em 2021. Falamos do Montepio Multi Gestão Dinâmica, gerido por Ana Onofre. Neste produto, a componente acionista também representa quase a totalidade da alocação total do fundo, sendo que a componente obrigacionista tem uma expressão marginal na carteira.

Fundos multiativos agressivos mais rentáveis em 2021

FundoEntidade gestora (Advisor)Categoria MorningstarRetorno em 2021 (%)Desvio padrão em 2021 (%)
White Fleet III - Haitong Aggressive FundMultiConcept Fund Management (Haitong)Aggressive Allocation18,489,11
Santander Popular Global 75Santander Asset ManagementAggressive Allocation - Global17,434,89
Montepio Multi Gestão Dinâmica Montepio Gestão de ActivosAggressive Allocation - Global16,425,20
IMGA Alocação Dinâmica IM Gestão de AtivosAggressive Allocation - Global15,875,26
Santander Private DinâmicoSantander Asset Management Aggressive Allocation12,484,15
Fonte: Morningstar Direct. Dados de rentabilidades em euros com referência a 31 de dezembro de 2021.

No entanto, o pódio altera-se quando consideramos os fundos desta categoria com a melhor relação entre rentabilidade e risco.

Por esta métrica, o fundo que lidera a tabela é o Santander Popular Global 75, obtendo um retorno de 3,56% por cada unidade de risco. Já o fundo da Montepio Gestão de Activos, o Montepio Multi Gestão Dinâmica, ocupa o segundo lugar deste ranking, enquanto a IM Gestão de Ativos é a casa gestora do terceiro melhor fundo multiativo agressivo em termos de retorno por unidade de risco. Trata-se do IMGA Alocação Dinâmica, gerido por Ricardo Líbano, que conseguiu 3% de retorno por cada unidade de risco.

Fundos multiativos agressivos mais rentáveis por unidade de risco em 2021

FundoEntidade gestora (Advisor)Categoria MorningstarRetorno em 2021 (%)Desvio padrão em 2021 (%)Retorno por unidade de risco (%)
Santander Popular Global 75 Santander Asset Management Aggressive Allocation - Global17,434,893,56
Montepio Multi Gestão Dinâmica Montepio Gestão de ActivosAggressive Allocation - Global16,425,203,16
IMGA Alocação Dinâmica IM Gestão de AtivosAggressive Allocation - Global15,875,263,02
Santander Select DinâmicoSantander Asset Management Aggressive Allocation - Global12,064,003,02
Santander Private Dinâmico Santander Asset Management Aggressive Allocation12,484,153,01
Fonte: Morningstar Direct. Dados de rentabilidades em euros com referência a 31 de dezembro de 2021.