Prémios APFIPP 2021: conheça o Melhor Fundo Nacional de Ações Americanas

ações americanas, Prémios APFIPP 2021: conheça o Melhor Fundo Nacional de Ações Americanas
Créditos: Patrick Tomasso (Unsplash)

Depois de lhe termos dado a conhecer o vencedor do melhor fundo de ações europeias, hoje apresentamos um pouco sobre o vencedor do prémio Melhor Fundo de Ações Americanas da cerimónia de entrega dos Melhores Fundos Jornal de Negócios/APFIPP do ano 2021.

O grande premiado desta categoria foi o BPI América, um produto lançado em 1993 que “visa proporcionar o acesso a uma das mais dinâmicas zonas económicas a nível internacional, através do investimento em ações naquele que é o maior mercado acionista do mundo (EUA) e no Canadá”, refere a própria entidade gestora, a BPI Gestão de Ativos, na ficha mensal do produto.

De facto, ao olharmos para os retornos atingidos no passado recente por esta estratégia de investimento, vemos que, em 2020, foi a estratégia mais rentável em termos absolutos de toda a oferta de produtos de investimento nacionais. Nos últimos cinco anos, por outro lado, foi a segunda mais rentável em termos absolutos. Estes números demonstram a excelência do trabalho do gestor Rui Araújo, CFA.

Olhando mais atentamente para a carteira deste produto notamos que é composta por 65 ações, entre as quais e em destaque, a Apple, Microsoft, Alphabet e Amazon. Desta forma, por setores, é a tecnologia que tem mais peso, formando 31,18% da carteira do fundo. O setor da saúde e financeiro vem logo de seguida com pesos de 16,69% e 12,80%, respetivamente.

Segundo a Morningstar, no final de setembro, o BPI América detinha mais de 31 milhões de euros em ativos sob gestão.

A FundsPeople, recentemente, mostrou também como o BPI América se posicionava no mapa de retorno e risco a cinco anos da Morningstar. Efetivamente, concluímos que, além de ser líder em retorno absoluto, apresentava também a melhor relação entre retorno e risco da sua categoria.