Três anos de fundos de ações: “Mescla” de temas de investimento no top dos mais rentáveis

pinceis_mistura
lincoln koga, Flickr, Creative Commons

O mercado nacional de fundos de investimento apresenta aproximadamente 6 dezenas de produtos de ações. Os dados da Morningstar Direct do final de fevereiro permitem-nos fazer “marcha atrás” no tempo e olhar para os fundos de ações do mercado português que nos últimos três anos disputam os melhores resultados.

Analisando com um “olhar rápido” a lista dos 20 fundos mais rentáveis no período são algumas as conclusões que saltam à vista. Na tabela encontram-se temas de investimento distintos: Saúde, América, EUA, Tecnologia, Finanças….

Os sectoriais

O fundo mais rentável no período é já um ‘habitué’ neste tipo de ranking. O Montepio Euro Healthcare, da Montepio Gestão de Activos consegue no período um retorno anualizado de 21,47%, sendo que este fundo aparece também “bem” posicionado quando falamos de um período de dois anos.  Da lista de mais rentáveis destaque ainda para outro fundo da entidade nacional que também se insere no âmbito dos sectoriais. É ele o Montepio Euro Telcos, com um retorno de 15,82%.

'Pés ao caminho' para o outro lado do Atlântico

Do top 20 dos mais rentáveis saltam à vista cinco fundos que investem do outro lado do Atlântico. Logo no segundo posto o lugar é ocupado pelo Caixagest Acções EUA, da Caixagest, que embora esteja relativamente longe em termos de ganhos do antecessor,  alcança quase 17% de rentabilidade anualizada nos últimos três anos. 

O Santander Acções América, da Santander Asset Management, aparece precisamente ao lado do produto da Caixagest, com 16,76% de retorno, enquanto que nos lugares imediatamente a seguir “moram” os produtos BPI América D e o Millennium Acções América, com 16,48% e 16,28% de ganhos respetivamente. Mais abaixo na lista, há ainda que ressalvar a presença do NB Ações América, gerido pela GNB Gestão de Ativos, que alcança 14,06% de retorno.

Os Poupança Ações

Nos lugares cimeiros do ranking há ainda um outro grupo de fundos que chama a atenção. No ranking de fundos de ações mais rentáveis no último triénio encontramos três fundos PPA. Primeiramente figura no ranking o Santander PPA, com 16,21% de retorno, enquanto uns “lugares” a baixo aparece o NB Poupança Ações PPA com 15,68% de ganhos. Deste leque produtos cabe ainda nomear a presença do BPI Poupança Acções, que alcança uma rentabilidade de 15,23%.

Como pode observar na tabela abaixo existem ainda mais algumas tendências nos fundos de ações com maior retorno. Destacam-se a título de exemplo os que investem em empresas financeiras ou os que “olham” para a bolsa nacional. 

20 Fundos de ações mais rentáveis nos últimos 3 anos

Nome do Fundo  Gestora Rentabilidade anualizada a 3 anos (%)
Montepio Euro Healthcare Montepio Gestão de Activos  21,47
Caixagest Acções EUA  Caixagest  16,84
Santander Acções América  Santander Asset Management  16,76
BPI América D  BPI Gestão de Activos  16,48
Millennium Acções América  Millennium Gestão de Activos 16,28
Santander PPA FIMA Santander Asset Management  16,21
Montepio Euro Telcos FIMA Montepio Gestão de Activos  SA 15,82
NB Poupança Ações PPA GNB Gestão de Ativos  15,68
BPI Poupança Acções (PPA) FIA BPI Gestão de Activos  15,23
Millennium Global Equities Selection FIA Millennium Gestão de Activos 15,21
Millennium Eurofinanceiras FIAA Millennium Gestão de Activos 14,55
NB Ações América OICVM AA GNB Gestão de Ativos  14,06
Santander Acções Portugal Santander Asset Management  13,86
Montepio Euro Financial Services FIMAA Montepio Gestão de Activos  13,54
Banif Acções Portugal Banif Gestão de Activos  12,74
BPI Portugal BPI Gestão de Activos  12,61
Optimize Europa Valor Optimize Investment Partners  12,58
NB Portugal Ações OICVM GNB Gestão de Ativos 12,11
Invest AR Médias Empresas Portugal  Invest Gestão de Activos 12,08
Barclays FPA  Barclays Wealth Mgr. Portugal  12,06
Fonte: Morningstar Direct, com dados de 28 de fevereiro