Estratégias de multiativos entre as mais resgatadas em dezembro de 2020

Photo by Thijs Kennis on Unsplash

A FundsPeople deu-lhe conta – num artigo publicado recentemente – que as preferências e escolhas dos investidores no mês de dezembro, tomaram caminhos diferentes no Banco Best e Banco Carregosa. Numa entidade, os investidores mostravam uma maior propensão pela classe obrigacionista, um outro cenário mostrava uma maior propensão pela classe acionista. Mas também mostravam elevados volumes de subscrições e, neste sentido, em que medida se situa o tema dos resgates, ou seja, dos fundos mais vendidos?

Os clientes do Banco Best mostraram que no último mês de 2020, as estratégias mais resgatadas foram a de multiativos. Mas a que se deveu este acontecimento dado que, tal como diz Rui Castro Pacheco, diretor-adjunto do Banco Best, “boa parte deste tipo de fundos tenha terminado o ano positivo”? O profissional apresenta uma possível explicação. “Alguns gestores não foram capazes de recuperar da quebra ocorrida no final do primeiro trimestre e pensamos que esses gestores estão a pagar com a saída de investidores para outros gestores que tiveram um melhor desempenho em 2020”, refere Rui Castro Pacheco.

Por outro lado, Tiago Gaspar responsável pela análise e seleção de fundos do Banco Carregosa, destaca que não houve um volume suficientemente grande de resgates que permitisse emitir uma opinião credível relativamente ao tema. “Todavia, os indícios foram de redução de exposição de risco; em especial redução de ações (considerando que os resgates em obrigações foram exclusivamente de high yield)”, acrescenta o profissional.

À luz das opiniões dos profissionais, não parece ter ocorrido elevados volumes de resgates no último mês do último ano, assim – tal como em novembro – dezembro foi parco em resgates.