Mais subscritos de dezembro: investidores dividem-se entre cenários opostos

Photo by Carlos Muza on Unsplash

À luz dos comentários de Tiago Gaspar, responsável pela análise e seleção de fundos do Banco Carregosa e Rui Castro Pacheco, diretor adjunto do Banco Best, apresentamos o top 10 de fundos mais subscritos dos investidores no último mês de 2020. As preferências e escolhas dos clientes tomaram caminhos diferentes nas duas instituições. Enquanto as preferências no Banco Carregosa incidiram sobre a classe obrigacionista, no Banco Best os investidores mostraram uma maior propensão pela classe acionista.

Segundo Tiago Gaspar, o mês de dezembro – à semelhança de novembro – foi de fortes subscrições no Banco Carregosa. No entanto, o mês fica marcado por uma alteração na preferência dos investidores. “Enquanto anteriormente os fundos mais subscritos eram os de ações de economias desenvolvidas com um estilo tendencialmente de quality, atualmente os investidores preferem fundos de obrigações”, revela o profissional. Tiago Gaspar continua e esclarece que “ainda que haja um posicionamento mais defensivo, o mandato preferido para esta classe é de unconstrained. Compreensível num contexto de repressão financeira”.

Em relação a alterações comparativamente ao mês de novembro na subscrição de ações, o profissional do Banco Carregosa aborda que “o tema permanece em torno do estilo quality em economias desenvolvidas. Pese embora tenha saído do top 10 o setor tecnológico, neste mês, o setor de saúde ainda prefigura o top”.

Por outro lado, no Banco Best, sete fundos de ações marcam presença no top 10. Além disso também manteve a presença no top de subscrições o Property Core Real Estate Fund, gerido pela Square AM, um fundo imobiliário nacional que pode ficar a conhecer melhor neste artigo. Nos fundos multiativos, “a preferência recaiu sobre os fundos MFS Prudent Wealth, um fundo que tem como objetivo primário a preservação dos capitais investidos e o Acatis Gané Value Event, um fundo mais dinâmico, mas muito consciente do valor a que faz as suas compras nos títulos onde pretende investir”, explicita Rui Castro Pacheco.

Contrariamente ao ocorrido no Banco Carregosa, no Banco Best os fundos de ações ligados à tecnologia foram os preferidos dos investidores. Entre esses o BlackRock World Technology, o Allianz Global Artificial Intelligence, um fundo mais ligado à inteligência artificial, o BNP Paribas Energy Transition, relacionado com a transição energética e por fim o BlackRock Next Generation Technology mais ligado às tecnologias de nova geração. Ainda o tema da saúde, continua a marcar presença nos fundos mais subscritos da instituição com o BlackRock World Healthscience.

“Geograficamente, registámos preferência quer por ações americanas, com o Morgan Stanley US Growth que procura empresas de estilo crescimento, quer por ações europeias, com o MFS European Value que procura empresas bem avaliadas e com bom potencial de negócios”, conclui o profissional do Banco Best.

Fundos mais subscritos de dezembro de 2020

Banco BestSelo FundsPeople 2020Banco CarregosaSelo FundsPeople 2020
BlackRock World TechnologyPIMCO Income E (EUR HDG) IncABC
Allianz Global Artificial IntelligencePIMCO Income E (USD) Inc
BNP Paribas Energy TransitionMSS US Advantage AH ACCAB
Property Core Real Estate FundMSS GLOBAL BRANDS “AH” (EURDHDG) ACCABC
Morgan Stanley US GrowthBSCHRODER ISF EURO HIGH YIELD “A” (EUR) INC QV
BlackRock Next Generation TechnologyMSS GLOBAL OPPORTUNITY “AH” ACCAB
MFS Prudent WealthABCPIMCO Diversified Income E (USD) IncBC
Acatis Gané Value EventABCBGF Continental European Flexible E2 (EUR) ACCB
BlackRock World HealthscienceBPIMCO Global Bond E (EUR HDG) ACCBC
MFS European ValueABCBGF World Healthscience E2 (EUR) ACCB
Fonte: Informação cedida pelas entidades