Fundos de ações “em força” em outubro… da China ao Canadá passando pela Índia

6097007477_3783b04a0b_b
@Doug88888, Flickr, Creative Commons

No passado mês de outubro os fundos de ações invadiram em força o ‘top’ de produtos mais subscritos nas três plataformas nacionais que distribuem fundos de investimento estrangeiros (BiG, ActivoBank e Banco Best), mas também na própria plataforma de fundos do Banco Invest, tal como lhe falamos aqui. O risco voltou a ser portanto uma caraterística “aprovada” pelos investidores, depois dos meses de verão que ficaram marcados pelo colapso das bolsas mundiais. Do total de produtos mais subscritos nas plataformas contaram-se em outubro muito perto de 20 fundos de ações.

Os nomes que saltam à vista pela diferença

Apesar da Europa continuar a ser o alvo de eleição dos investidores, em outubro existem outros destinos de investimento que marcam seguramente pela diferença. Na lista de fundos de ações mais subscritos encontra-se por exemplo um fundo que investe no Canadá e que, por esse motivo, destaca-se da lista global. Falamos do UBS (Lux) EF Canada (CAD) P Acc, gerido pela UBS AM, e que, segundo a página da Morningstar, trata-se de um produto com alguma incidência em empresas do sector energético (20% da carteira está alocada a estas empresas), e do sector financeiro (mais de 15% de peso).

Outro dos nomes que salta à vista no conjunto de fundos dedicados às bolsas pertence à Amundi e denomina-se de Amundi F Equity Greater China SU. Depois de dois meses em que a China esteve na berra pelos piores motivos, em outubro figura assim um produto que prima por “proporcionar aos investidores um crescimento do capital a longo prazo através do investimento, principalmente, numa selecção de acções emitidas por sociedades cotadas em Hong Kong e com sede social ou atividade substancial em Hong Kong ou na China Continental”, diz a Morningstar. Em carteira o produto apresenta uma maior exposição a serviços financeiros (33,3%) e a tecnologia (25,82%). Ainda no campo das ‘surpresas’ destaque para o Franklin India N, sob a alçada da Franklin Templeton Investments,  que, de quando em vez, já aparece neste ranking. Recorde-se que o mercado de ações da Índia tem sido apontado por vários especialistas como favorável dentro do universo de países emergentes.                             

Os fundos de ações europeias continuam a ser um ‘must have’ nesta lista. Os investidores continuam confiantes nos fundamentais das empresas do velho continente, e da lista saltam à vista nomes que dispensam apresentações, como é o caso do UBS (Lux) Equity SICAV – European Opportunity Unconstrained (EUR) P-acc, da UBS AM,  do SISF Euro Equity B, da Schroders, ou do Deutsche Invest I Top Euroland, a cargo da Deutsche AWM.

O mercado norte-americano também deu um ar da sua graça na lista de outubro, com dois fundos de duas casas gestoras distintas a investirem nesta região. Falamos do UBS Lux ES USA Growth USD, da UBS AM, e do Fidelity Funds – America E Eur Acc, da gestora Fidelity Worldwide Investment. Embora ambos os produtos invistam em grandes capitalizadas, não partilham nenhuma posição em carteira no seu top 5, segundo o que revela a Morningstar na sua página. O fundo da UBS, nas cinco maiores empresas em carteira, apresenta nomes como a gigante tecnológica Apple, o Facebook, a Amazon ou a Google, enquanto o produto da Fidelity opta por ter nas maiores posições companhias como a farmacêutica Pfizer, a Oracle Corporation, ou a Berkshire Hathaway. 

Fundos de ações mais subscritos nas plataformas em outubro (ordem alfabética)

Fundo  Gestora Região/Sector
Amundi F Equity Greater China SU Amundi China
AXA R. Global Equity Alpha AXA IM Global 
BlackRock Global Funds – World Healthscience Fund E2 USD EUR BlackRock  Saúde
Deustche Invest I Top Euroland Deutsche AWM  Europa
Fidelity F Global Technology E Fidelity Worldwide Investment Tecnologia 
Fidelity Funds – America E EUR Acc Fidelity Worldwide Investment EUA
Fidelity Funds – Global Dividend Fund Fidelity Worldwide Investment Global
Franklin India N Franklin Templeton Investments  Índia 
Invesco Pan European Structured Equity Invesco  Europa
MFS® Meridian Funds – European Smaller Companies Fund Class A1 EUR Acc MFS Investment Management Europa 
Pictet Global Megatrend Selection R EUR Pictet AM  Global 
Pioneer Fund Global Equity Target Income Pioneer Investments Global
Schroder ISF QEP Global Quality USD Schroders Global 
SISF Euro Equity B Schroders Europa
The Jupiter Global Fund – Jupiter European Growth Class L EUR Acc Jupiter  Europa 
UBS (Lux) EF Canada (CAD) P Acc UBS AM  Canadá
UBS (Lux) Equity SICAV – European Opportunity Unconstrained (EUR) P-acc UBS AM  Europa 
UBS Lux ES USA Growth USD UBS AM  EUA
Fonte: informação cedida pelas entidades