Fundos de obrigações que mais captaram até abril de 2021

fundos de obrigações, Fundos de obrigações que mais captaram até abril de 2021
Créditos: MayoFi (Unsplash)

Apenas um fundo de obrigações nacional constava na lista dos que mais captaram nos quatro primeiros meses de 2021 – o IMGA Liquidez – da IM Gestão de Ativos. De facto, este fundo de curto prazo, sob gestão de Ana Aguiar foi o produto que mais captou em todo o panorama nacional.

Ao constituirmos o Top 10 de fundos de obrigações que mais captaram até abril de 2021, observamos que, para além desse fundo de liquidez da IMGA, também o fundo de curto prazo da BPI Gestão de Ativos – o BPI Defensivo – captou um elevado montante de dinheiro até abril de 2021. Assim, são estas duas estratégias que dominam este ranking. Falando em números, o IMGA Liquidez captou mais de 174 milhões de euros e o BPI Defensivo arrecadou mais de 55 milhões. Para além disso, é de notar este crescimento do montante captado pelo BPI Defensivo, uma vez que este produto não constava no ranking dos fundos de obrigações que mais captaram no ano passado.

Contudo, segundo a Morningstar Direct, estes não são os dois únicos fundos de obrigações de curto prazo que constam no ranking. Para além destes, encontramos também o IMGA Rendimento Semestral, o NB Capital Plus e o Caixagest Obrigações.

Já na terceira posição, por parte da Caixa Gestão de Ativos, segue o Caixa Obrigações Longo Prazo. Este já caracterizado como sendo um produto de diversified bond e distinguido com Selo FundsPeople 2021 pela classificação de Blockbuster, desde janeiro de até abril de 2021, arrecadou mais de 17 milhões de euros.

Na quarta posição do ranking encontra-se o fundo IMGA Rendimento Semestral, também sob alçada da entidade gestora IMGA, e detentor, igualmente, de Selo FundsPeople 2021 pela classificação de Blockbuster. Esta estratégia de obrigações de curto prazo arrecadou mais de 14 milhões de euros até abril deste ano, sendo que, em ano de pandemia, este produto tinha captado mais de 116 milhões de euros. Valor que lhe valeu o segundo posto nesse ranking.

No total, estes 10 fundos já captaram até abril de 2021 mais de um 302 milhões de euros. Sendo que, o IMGA Liquidez capta cerca de 60% deste montante arrecadado. Adicionalmente, ao nível de número de estratégias posicionadas, é a GNB Gestão de Ativos que está em destaque com dois fundos domiciliados no Luxemburgo (NB Subordinated Debt e NB Corporate Euro) e outro em solo nacional (NB Capital Plus).

Top 10 fundos de obrigações que mais captaram até abril de 2021

Fundo Selo FundsPeople 2021Entidade GestoraMorningstar CategoryAuM em abril de 2021 (€)Total de captações em 2021 (€)
IMGA LiquidezIM Gestão de AtivosUltra Short-Term Bond759 725 406                               174 199 447.89
BPI DefensivoBPI Gestão de AtivosUltra Short-Term Bond490 181 58155 257 667.40
Caixa Obrigações LPBCaixa Gestão de AtivosDiversified Bond107 478 68217 529 801.39
IMGA Rendimento SemestralBIM Gestão de AtivosDiversified Bond - Short Term261 538 30414 174 774.42
Santander Investimento GlobalSantander Asset ManagementDiversified Bond39 063 3449 694 611.16
Santander Sam Carteiras ConsSantander Asset ManagementDiversified Bond28 167 0508 734 316.59
NB Subordinated DebtGNB Gestão de Ativos (GNB International)Subordinated Bond63 085 6348 554 240.78
NB Capital PlusGNB Gestão de AtivosCorporate Bond - Short Term75 164 2297 748 733.62
Caixagest ObrigaçõesCaixa Gestão de AtivosDiversified Bond - Short Term              227 257 8257 082 946.53
NB Corporate EuroBGNB Gestão de Ativos (GNB International)Corporate Bond82 596 7076 536 443.27
Fonte: Morningstar Direct, dados até abril de 2021

De relembrar que já em abril deste ano, a FundsPeople observou que fundos de obrigações mais captaram num horizonte temporal mais alargado (três anos).