Os 15 fundos mobiliários nacionais mais rentáveis a três anos

fundos mais rentáveis, Os 15 fundos mobiliários nacionais mais rentáveis a três anos
Créditos: Héctor López (Unsplash)

Os últimos três anos foram anos marcados por contextos bastante diversos e marcantes entre si. O ano de 2019 revelou um ambiente económico favorável, ao qual sucedeu um 2020 muito inesperado e incerto. Já 2021 foi bastante benéfico para quem esteve investido nas classes de ativos de maior risco, auxiliados pelo contexto da reabertura da economia e pelo desenvolvimento das vacinas contra a COVID-19. Mais recentemente, voltou a imperar a incerteza. Inflação, política monetária, guerra no leste europeu e COVID-19: fatores que, juntos, trazem o aumento da volatilidade nos mercados. Desde então, verifica-se um contexto cada vez mais incerto e difícil para os investidores, com vários momentos de tensão nos vários mercados mundiais.

Continente americano domina o pódio

E é a partir deste desenrolar de acontecimentos que analisamos as rentabilidades dos fundos nacionais nos últimos três anos. Que produtos se destacarão pela performance alcançada neste período?

No que diz respeito a classes de ativos, tal como seria de esperar, o destaque vai para os fundos de ações. E, no que toca ao universo de investimento, sobressai a região norte-americana, mas também se regista muita presença de fundos de ações globais.

Assim, a liderar esta lista, gerido pela IM Gestão de Ativos, encontramos o IMGA Ações América, um fundo de ações americanas que obteve uma rentabilidade anualizada a três anos de 17,17%. De facto, este foi o produto nacional mais rentável por unidade de risco no último ano e o gestor, António Dias, revelou à FundsPeople algumas decisões de investimento. De acordo com a última carteira disponível, este apresentava uma exposição de 25% ao sector tecnológico e de 21% ao sector do consumo não cíclico. Como principais títulos apresenta, por sua vez, nomes como Apple, Alphabet, Microsoft e Amazon.

Segue-se no ranking um outro produto que investe em ações a nível global. Trata-se de um fundo gerido pela BPI Gestão de Ativos e domiciliado no Luxemburgo: o BPI Global Investment Fund Opportunities. Com uma rentabilidade anualizada a três anos de 16,03%, o BPI Global Investment Fund Opportunities ocupa a segunda posição enquanto fundo mais rentável nos últimos três anos, apresentando os setores da saúde e tecnologia como os mais preponderantes em carteira. Das cinco principais posições em carteira, duas pertencem ao setor tecnológico (Apple e Microsoft), uma aos serviços de comunicação (Alphabet), uma ao setor do consumo cíclico (Louis Vuitton) e outra ao setor da saúde (Edwards Lifesciences).

Na terceira posição surge um fundo cujo universo de investimento é similar ao primeiro produto da lista. Trata-se do BPI América, um fundo de ações americanas gerido pela BPI Gestão de Ativos, que alcançou uma rentabilidade anualizada a três anos de 14,93%. Esta estratégia de investimento apresenta como principais setores em carteira os setores tecnológicos (32,53%), saúde (15,04%) e financeiro (11,59%). Nomes como as gigantes tecnológicas (Apple e Microsoft), a Alphabet, Amazon ou Costco constituem, assim, os principais títulos em carteira.

De notar que este trio de fundos de investimento é distinguido com Rating FundsPeople 2022.

Acima dos 7,5% de rentabilidade anualizada encontramos mais 12 fundos com universos de investimento bastante diversos. Desde ações portuguesas, ao conjunto das ações ibéricas, às ações europeias com um foco no investimento responsável, fazendo ainda parte do ranking dois fundos multiativos, ambos geridos pela BPI Gestão de Ativos.

Top 15 fundos mobiliários mais rentáveis a três anos

FundoRating FundsPeople 2022Entidade gestoraCategoria MorningstarRetorno anualizado a 3 anos (%)
IMGA Ações AméricaSimIM Gestão de AtivosUS Large-Cap Blend Equity17.17
BPI Global Investment Fund OpportunitiesSimBPI Gestão de Ativos (CaixaBank AM)Global Large-Cap Growth Equity16.03
BPI AméricaSimBPI Gestão de AtivosUS Large-Cap Blend Equity14.93
BPI Ações MundiaisBPI Gestão de AtivosGlobal Large-Cap Growth Equity14.77
Caixa Ações Líderes GlobaisSimCaixa Gestão de AtivosGlobal Large-Cap Blend Equity14.33
IMGA Global Equities SelectionIM Gestão de AtivosGlobal Large-Cap Blend Equity14.22
NB FCP America Growth FundGNB Gestão de Ativos (GNB - International Management)US Large-Cap Blend Equity13.65
NB Momentum SustentávelSimGNB Gestão de AtivosGlobal Large-Cap Blend Equity11.97
Caixa Ações EUACaixa Gestão de AtivosUS Large-Cap Blend Equity11.08
BPI PortugalBPI Gestão de AtivosPortugal Equity8.96
BPI IbériaBPI Gestão de AtivosOther Equity8.40
Caixa Ações Europa Socialmente ResponsávelCaixa Gestão de AtivosEurope Large-Cap Blend Equity8.21
Atrium Portfolio Sicav - OctantAtrium Investimentos (FundPartner Solutions)Other Equity7.95
BPI UniversalBPI Gestão de AtivosModerate Allocation - Global7.90
BPI AgressivoBPI Gestão de AtivosAggressive Allocation - Global7.49
Fonte: Morningstar Direct, dados de retorno em euros, com referência a março de 2022.