Os fundos mais próximos de serem os mais rentáveis de 2021

fundos mais rentáveis, Os fundos mais próximos de serem os mais rentáveis de 2021
Créditos: Aaron Burden (Unsplash)

Apesar da pandemia, o ano de 2021 tem-se revelado positivo para os investidores de ações e não tão positivo para os investidores em obrigações. Ainda que ligeira, a única correção mais significativa que vimos nos principais índices acionistas norte-americanos aconteceu no final do terceiro trimestre, altura em que ocorria a evolução da variante Delta, o início do tapering dos EUA, o aumento da regulação na China, e a crise energética. Contudo, os mercados mostraram a sua robustez ao recuperarem dessa queda e ao renovarem em constantes máximos históricos.  

Na verdade, o ranking dos fundos que estão na linha da frente para serem os mais rentáveis do ano demonstra essa predominância de fundos acionistas. Aliás, nenhum fundo de obrigações consta neste Top 20, ilustrado abaixo.

De facto, a fotografia do ranking deste ano não se alterou muito face ao de dezembro do ano anterior. Nesta extensa lista, há semelhança do ano passado, há um grupo de estratégias de investimento que sobressaem: fundos que investem no mercado norte-americano e mundial. Segundo a Morningstar, quatro dos 20 fundos mais rentáveis apresentam um foco no mercado norte-americano, e seis apresentam um carácter de investimento mais global.

De sublinhar também os retornos alcançados por estes 20 produtos – os intervalos de rentabilidade year to date destas estratégias variam entre 17,7 e 33,7%. Estes valores comparam com os retornos alcançados no ano anterior que variavam entre 7,7 e 12,7%.  

Top 3 com retornos superiores a 30%

O produto que se encontra melhor posicionado para se tornar o mais rentável do ano é o BPI América, que apresenta uma rentabilidade de 33,7%. Este produto da BPI Gestão de Ativos, gerido por Rui Araújo, CFA detém mais de 34 milhões de euros em ativos sob gestão. Como seria de esperar, o setor tecnológico é o mais preponderante em carteira, com uma exposição de cerca de 33,3%, detendo como principais posições em carteira nomes como Apple, Microsoft, Alphabet ou Nvidia.

De relembrar que, durante este ano, o BPI América foi premiado como Melhor Fundo de Ações Americanas na cerimónia de entrega dos Melhores Fundos Jornal de Negócios/APFIPP. Este acabou por ser também o fundo de ações americanas com maior retorno absoluto em 2020.

Segue-se no ranking o BPI Ações Mundiais, que alcançou uma rentabilidade de 30,8% nos últimos 11 meses e que gere atualmente um património de mais de 49 milhões de euros. Trata-se de mais um fundo sob alçada da casa gestora BPI Gestão de Ativos (com Selo FundsPeople pela classificação Consistente), gerido por Rui Araújo, CFA em conjunto com Luís Alvarenga, CFA.

Imediatamente a seguir surge o IMGA Ações América com um retorno de 30,6%. Gerido por António Dias, o fundo da IM Gestão de Ativos apresenta uma exposição de 27% ao setor tecnológico e detém como principais títulos a Microsoft, Alphabet, Apple, Amazon e um ETF da Invesco que segue o índice S&P500.

Fundos nacionais mais rentáveis até novembro de 2021

FundoSelo FundsPeople 2021Entidade gestora (Advisor)Categoria MorningstarRetorno YTD (%)Ativos sob gestão
BPI América BPI Gestão de Ativos US Large-Cap Blend Equity33.734 454 983
BPI Ações MundiaisCBPI Gestão de Ativos Global Large-Cap Growth Equity30.849 448 581
IMGA Ações América IM Gestão de AtivosUS Large-Cap Blend Equity30.628 590 751
BPI GIF OpportunitiesBCBPI Gestão de Ativos (Caixabank AM)Global Large-Cap Growth Equity30.373 476 452
IMGA Global Equities Selection IM Gestão de AtivosGlobal Large-Cap Blend Equity27.924 272 217
NB America Growth Fund GNB Gestão de Ativos (GNB International Management)US Large-Cap Blend Equity26.939 698 834
Caixa Ações Líderes Globais BCCaixa Gestão de Ativos Global Large-Cap Blend Equity26.21 889 620 336
BPI Reforma Global Equities PPR/OICVMBPI Gestão de Ativos Global Large-Cap Blend Equity26.12 922 582
Caixa Ações EUACaixa Gestão de Ativos US Large-Cap Blend Equity24.584 400 163
NB Portugal AçõesGNB Gestão de AtivosPortugal Equity21.224 044 704
IMGA European Equities IM Gestão de AtivosEurope Large-Cap Blend Equity20.641 465 281
BPI GIF Maverick GlobalBPI Gestão de Ativos (Caixabank AM)Aggressive Allocation - Global20.520 773 320
Caixa Ações Europa Socialmente ResponsávelCaixa Gestão de Ativos Europe Large-Cap Blend Equity20.126 985 091
BPI Portugal CBPI Gestão de Ativos Portugal Equity20.127 517 601
BPI GIF Africa BPI Gestão de Ativos (Caixabank AM)Africa Equity20.015 749 300
Optimize Capital Reforma PPR/OICVM AgressivoOptimize Investment PartnersFlexible Allocation - Global19.911 804 372
Atrium Portfolio SICAV - Global Selection FundAtrium Investimentos Other Equity19.328 430 713
Montepio Acções Europa Montepio Gestão de ActivosEurope Large-Cap Value Equity18.020 344 711
NB Momentum Sustentável BGNB Gestão de AtivosGlobal Large-Cap Blend Equity17.8136 730 553
Santander Acções EuropaSantander Asset Management Eurozone Large-Cap Equity17.7193 628 782
Fonte: Morningstar Direct. Dados de retorno com referência a novembro de 2021 e ativos sob gestão a outubro. Em euros.

Outros destaques

Nota, ainda, para os fundos de ações que investem em outros mercados – como o português – e que estão presentes no ranking. Alguns exemplos são o NB Portugal Ações, o BPI Portugal ou o BPI GIF Africa.