Tecnologia, ambiente e imobiliário: o rumo dos mais subscritos em novembro

mais subscritos, Tecnologia, ambiente e imobiliário: o rumo dos mais subscritos em novembro
Créditos: Lynn Kintziger (Unsplash)

O mês de novembro no Banco Best e no Banco Carregosa configurou-se como sendo de regresso mais acentuado aos fundos de ações. O Top 10 dos fundos mais subscritos em cada uma das entidades demonstra isso mesmo, mas também o interesse crescente pela tecnologia e ambiente, sem deixar de lado a preferência pelo imobiliário.

No caso do Banco Best, da área de investimentos da entidade começam por resumir que, em novembro, estiveram presentes “oito fundos de ações no Top 10 de preferências dos nossos clientes e apenas dois fundos com um perfil de risco um pouco menos agressivo”.

O Property Core Real Estate Fund, gerido pela Square Asset Management, continua a ser uma das opções conservadoras preferenciais no Banco Best. “Para os investidores mais conservadores e que podem suportar o período de imobilização de 12 meses, o fundo tem mostrado ser uma boa opção, ao manter a sua performance na casa dos 2,8% com a volatilidade abaixo dos 1%”, afirmam da área de investimentos do Banco Best.

No campo dos multiativos, “a preferência foi pelo Acatis Gané Value Event”, revela a entidade. Esta estratégia de investimento também tem vindo a estar presente entre o Top 10 dos meses anteriores e é caracterizada por uma gestão “do tipo value (encontrar empresas com boas valorizações e negócios sustentados) com o tipo event (encontrar empresas envolvidas em eventos de mudança da gestão ou da estrutura de capital)”, explicam.

Em relação aos fundos acionistas, o ambiente e a tecnologia são os temas que predominam. Relativamente ao ambiente, a procura foi pelos fundos Nordea Global Climate and Environment e Pictet Water, “este último mais concentrado no tema da gestão e otimização do consumo de água”, acrescentam. No campo da tecnologia, aparecem três fundos genéricos, o Franklin Technology, o BlackRock World Technology e o JPMorgan US Technology, sendo que este último está mais focado nos EUA.

“Para além destes temas, encontramos ainda alguma preferência específica por regiões e dois temas ou setores”, apresentam da área de investimentos do Banco Best. Por exemplo, procura pela região europeia através do MFS European Value, a procura por empresas com grandes marcas através do Pictet Premium Brands, e a procura por empresas do setor energético através do Schroder Global Energy.

Aumento da aversão ao risco?

No caso do Banco Carregosa, Tiago Gaspar, responsável pela Análise e Seleção de fundos da entidade, infere que o mês de novembro, “pelo balanço entre subscrições e resgates, foi de redução de exposição ao risco - não por alteração de composição de portefólios entre classes, mas mais por resgates generalizados”.

Também da entidade é assinalado que o Top 10 dos fundos mais subscritos é dominado por fundos de ações, constando apenas dois fundos de obrigações no Top. Ainda assim, “a comparação com o Top 20 de resgates (dominado por fundos temáticos ou sectoriais) demonstra um aumento da aversão ao risco”, revela Tiago Gaspar.

Mais concretamente, e começando pelos fundos de obrigações, podemos observar a presença do PIMCO GIS Income Fund e do BlackRock Global Funds - Euro Bond. Em relação aos fundos de ações, semelhantemente ao Banco Best, observa-se a procura pelo ambiente através do Nordea Global Climate And Environment e do Pictet Premium Brands.

Além destas estratégias, observa-se um fundo mais genérico como o Morgan Stanley Investment Funds - Global Brands Fund, ou mais focado nos EUA, o Morgan Stanley Investment Funds - US Advantage Fund. O velho continente não escapou ao interesse através do BlackRock Global Funds - Continental European Flexible Fund.

Mas é a procura pelo imobiliário que continua presente mês após mês tanto do lado do Banco Best como do Banco Carregosa. Por parte do Banco Carregosa, a preferência recai sobre o fundo VIP.

Fundos mais subscritos de novembro de 2021

Banco BestSelo FundsPeople 2021Banco CarregosaSelo FundsPeople 2021
Franklin TechnologyBFundo VIP
Nordea Global Climate and EnvironmentBNordea Global Climate And Environment B
BlackRock World TechnologyABCPIMCO GIS Income FundBC
Property Core Real Estate FundMorgan Stanley Investment Funds - Global Brands Fund B
MFS European ValueABCMorgan Stanley Investment Funds - US Advantage FundAB
Pictet WaterBBlackRock Global Funds - Continental European Flexible FundB
Acatis Gané Value EventABCFidelity Global TechnologyB
Pictet Premium BrandsBPictet Premium Brands B
JPMorgan US TechnologyBBlackRock Global Funds - Euro BondB
Schroder Global EnergyPictet Clean EnergyB
Fonte: Informação cedida pelas entidades.

Mais resgatados

Na lista de fundos mais resgatados, Tiago Gaspar já apresentou que houve resgates mais generalizados no lado do Banco Carregosa.

Do lado do Banco Best, contam da área de investimentos que houve resgates numa estratégia multiativos e, por outro, numa estratégia de ações de inteligência artificial. “Pensamos que na componente dos multiativos possa ser uma questão de realocação para outras propostas que têm conseguido uma melhor performance de risco/retorno”, colocam. Ademais, em relação ao tema da inteligência artificial, justificam que “depois de uma forte subida, tem estado numa fase mais lateral, pelo que alguns clientes podem ter optado por avançar para outros temas”.